Obesidade é um problema de família - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Opinião20/02/2017 | 13h45Atualizada em 21/02/2017 | 11h40

Obesidade é um problema de família

Colunista de Vida e Saúde, Gabriel Pranke faz um alerta e traz um vídeo chocante sobre crianças obesas


"Hey! O que vamos pedir para comer hoje à noite?"
"Hoje vou passar a academia porque estou cansado!" 

Frases que escutamos diariamente e que definem nossas escolhas. E são as nossas escolhas que definem a nossa saúde. Escolher um estilo de vida sem exercício físico e se alimentando mal são as principais causas da obesidade.

O começo de tudo

Foto: Divulgação


É claro que isso não é novidade para ninguém, mas por que será que, mesmo sabendo disso, estamos cada vez mais obesos e sedentários? Os dados são alarmantes e continuam aumentando. Nos três estados da Região Sul do Brasil, o índice de pessoas com excesso de peso é de 56,08%, segundo a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Entre as crianças e jovens, de 10 e 19 anos, o índice é de 24,6%. Já entre as crianças na faixa dos 5 e aos 9 anos, o índice chega a 35,9%, podendo inferir que a origem do problema se dá na infância.  

A preocupação maior são as doenças associadas à obesidade, como a hipertensão arterial, o diabetes e as doenças cardíacas, por exemplo. As facilidades da vida moderna nos impõem uma vida cada vez menos ativa. Além disso, a oferta por alimentos industrializados, pouco saudáveis, é grande, e a falta de tempo dificulta melhores escolhas. Soma-se a isso o fato de sermos despreparados intelectualmente para saber lidar com a oferta e a real necessidade de comida e acabamos pecando no exagero. Esse comportamento acaba sendo passados para as crianças, com o agravante de que as atividades recreativas tecnológicas serem muito mais chamativas do que brincar de pega-pega ou de trepar em árvores. 


Só depende de nós

O combate à obesidade deve começar pela nossa própria atitude: escolher melhor. Em relação ao exercício físico, as tendências atuais nos remetem a exercícios de curta duração, mas com grande intensidade, substituindo os populares exercícios de longa duração, como melhores para o emagrecimento.

Mas, o problema maior não é iniciar a prática, mas sim criar o hábito de se exercitar. Sabe-se que o desenvolvimento do hábito deve se dar prioritariamente na infância e que crianças com o estilo de vida sedentário tendem a se tornar mais obesas no futuro que crianças ativas.

Em relação aos adultos, a dificuldade em criar o hábito é relacionada, na maioria das vezes, à falta de tempo. As primeiras semanas de treinamento são as que requerem mais força de vontade e dedicação, pois é onde aparecem dores musculares e desconfortos que podem levar à desistência.


É preciso ter prazer e paciência

Logo, a escolha por um tipo de exercício que a pessoa goste de fazer é essencial. Eis a minha dica: o exercício escolhido inicialmente não necessariamente deve ser aquele mais indicado para emagrecer, mas sim aquele que lhe dê prazer ao praticar. 

Além disso, ter paciência é importante, uma vez que não há milagres, e o corpo necessita de adaptação à prática. Os resultados nem sempre aparecem rapidamente. Ao escolher uma vida mais regrada quanto à alimentação haverá motivação para a prática do exercício. E o caminho oposto também é verdadeiro.

Em geral, após três ou quatro meses ininterruptos de boas escolhas em relação ao exercício e à alimentação, os resultados começam a surgir. Portanto, escolha um exercício que você goste, tenha paciência e dedicação e coloque o corpo em atividade!

Nas próximas semanas, trarei os tipos de exercícios físicos que podem cair como uma luva para você nesse processo. Fique atento! 

Até lá, tire um tempo para assistir ao documentário "Muito Além do Peso" que retrata a situação da obesidade infantil no Brasil. Ajuda a abrir os olhos em relação ao tema. É chocante:


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @joao_lamas: Assaltantes agridem jovens durante assalto no centro de Santa Maria https://t.co/tWR6KUZu2Y @diariosm https://t.co/9JOcPftp…há 38 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMega-Sena acumula em R$ 97 milhões https://t.co/7zw1ut1awE https://t.co/8Lcqdohpsyhá 48 minutosRetweet
Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros