Versão mobile

Tragédia histórica27/01/2013 | 11h21Atualizada em 27/01/2013 | 19h29

Número de mortos em incêndio em boate em Santa Maria chega a 245

Enviar para um amigo
Número de mortos em incêndio em boate em Santa Maria chega a 245 Germano Roratto/Especial
Feridos foram socorridos e levados aos hospitais de Santa Maria Foto: Germano Roratto / Especial
O major do Batalhão de Operações Especiais (BOE), Cleberson Braida Bastianello, durante coletiva à imprensa, no ginásio do Centro Desportivo Municipal (CDM), confirmou a morte de 245 pessoas no incêndio que atingiu a boate Kiss, em Santa Maria, na madrugada deste domingo.

Todos os corpos foram retirados da boate e a identificação prévia das vítimas foi concluída.

Segundo Bastianello, o número de feridos hospitalizados na cidade é de 48 pessoas. As autoridades ainda não têm como precisar o estado de saúde de todos.

Os corpos estão no ginásio do CDM. Outras seis vítimas que não resistiram e morreram nos hospitais da cidade devem ser encaminhadas ao ginásio. Os familiares serão levados até as vítimas por ordem de chegada.

— Após essa identificação, o corpo será liberado para aquele familiar, e então os  corpos deverão ser levados para sepultamento — afirmou Bastianello.

Os familiares devem procurar a entrada do CDM no cruzamento das ruas Appel e Tuiuti.

Veja também
Confira imagens do local onde aconteceu a tragédia
Confira a lista de feridos em incêndio em boate em Santa Maria
Tragédia em Santa Maria cancela rodada do Gauchão

No ginásio do CDM, foi instalado um Comitê Gestor da Crise para dar apoio aos familiares. Centenas de amigos, pais e familiares estão no local em busca de informações. O procedimento, segundo o Instituto Geral de Perícias (IGP), é que as famílias se dirijam até o CDM, pela entrada lateral da Rua Tuiti, e lá procurem a polícia. A Polícia Civil tem cadastrado os familiares e a previsão é que, em uma hora, o IGP libere a entrada dos familiares no CDM. No entanto, ainda não há previsão do horário da divulgação dos nomes dos mortos.
 
Michele Schneid, 22 anos, que trabalhava no caixa da boate Kiss diz que, no momento do incêndio, haveria uma equipe de 23 funcionários trabalhando no local. Ela conta que as pessoas começaram a gritar "fogo" e foi intensa a correria para se abrigar nos banheiros da boate.
 
_ Eu escutei as pessoas gritarem 'fogo' e foi uma correria. Muita gente correu para os banheiros e acabou morrendo asfixiada _ relata a sobrevivente.

Na tentativa de identificar as vítimas, o Instituto Geral de Perícias (IGP) tem colocado documentos de identificação — como identidade, carteira nacional de habilitação, entre outros — e celulares nos peitos dos mortos.

De acordo com relatos de servidores do IGP, muitos telefones dos mortos no ginásio tocam sem parar.
O primeiro caminhão, por volta das 7h20min, levou pelo menos 77 corpos, no Centro Desportivo Municipal (CDM). Até o momento, famílias que estão no local estão sendo encaminhadas ao portão lateral do CDM, na Rua Tuiti. Inicialmente, a perícia fará a identificação dos mortos que estavam com documentos de identificação (como carteira nacional de habilitação, entre outros). Em um segundo momento, o IGP deve fazer o reconhecimento dos corpos sem identificação. Para isso, deve ser solicitada a ajuda de familiares e amigos.

Ainda no decorrer desta manhã, o IGP deve divulgar uma lista com a relação de vítimas que estão no CDM.


A tragédia

O incêndio na boate Kiss, no centro de Santa Maria, começou entre 2h e 3h da madrugada de domingo, quando a banda Gurizada Fandangueira, uma das atrações da noite, teria usado efeitos pirotécnicos durante a apresentação. O fogo teria iniciado na espuma do isolamento acústico, no teto da casa noturna.

Sem conseguir sair do estabelcimento, mais de 200 jovens morreram e outros 100 ficaram feridos. Sobreviventes dizem que seguranças pediram comanda para liberar a saída, e portas teriam sido bloqueadas por alguns minutos por funcionários.

 A tragédia, que teve repercussão internacional, é considera a maior da história do Rio Grande do Sul e o maior número de mortos nos útimos 50 anos no Brasil.

Veja onde aconteceu

 
Imagem: Arte ZH

A boate

Localizada na Rua Andradas, no centro da cidade da Região Central, a boate Kiss costumava sediar festas e shows para o público universitário da região. A casa noturna é distribuída em três ambientes - além da área principal, onde ficava o palco, tinha uma pista de dança e uma área vip. De acordo com o comando da Brigada Militar, a danceteria estava com o plano de prevenção de incêndios vencido desde agosto de 2012. 

Clique na imagem abaixo para ver a boate antes e depois do incêndio

A festa

Chamada de "Agromerados", a festa voltada para estudantes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) começou às 23h de sábado. O evento era de acadêmicos dos cursos de Agronomia, Medicina Veterinária, Tecnologia de Alimentos, Zootecnia, Tecnologia em Agronegócio e Pedagogia. Segundo informações do site da casa noturna, os ingressos custavam R$ 15 e as atrações eram as bandas "Gurizadas Fandangueira", "Pimenta e seus Comparsas", além dos DJs Bolinha, Sandro Cidade e Juliano Paim.




Acompanhe as últimas informações

Notícias Relacionadas

Na rede 27/01/2013 | 10h24

Incêndio em boate de Santa Maria aparece entre tópicos mais comentados no Twitter

Autoridades utilizaram o microblog para se manifestar, enquanto perfil da Boate Kiss no Facebook tem mensagens de apoio às famílias das vítimas

A maior das tragédias 27/01/2013 | 10h10

Rosane de Oliveira, sobre incêndio em boate de Santa Maria: "Um pesadelo"

Quem tem filhos adolescentes não dorme um sono tranquilo enquanto não chegam das festas

Tragédia no centro do Estado 27/01/2013 | 09h36

Hospitais confirmam identificação de seis mortos em incêndio em boate de Santa Maria

Fogo começou por volta das 2h deste domingo na boate Kiss, no centro da cidade

Tragédia no centro do Estado 27/01/2013 | 09h27

Confira a lista de feridos em incêndio em boate em Santa Maria

Fogo começou por volta das 2h deste domingo na boate Kiss, no centro da cidade

Incêndio em Santa Maria 27/01/2013 | 08h51

Escombros dificultam trabalhos de resgate no interior da boate Kiss

Conforme o Corpo de Bombeiros, é impossível saber quantas vítimas ainda estariam no local

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEspecialistas apostam nos favoritos, rebaixados e craques do Brasileirão. O campeonato começa neste sábado. Confira: http://t.co/sAZr8RG2JShá 13 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMAssistente social ajudou a matar Bernardo, afirma polícia. Motivação seria dinheiro. Entenda: http://t.co/XbGhKYKv1Khá 1 diaRetweet
clicRBS
Nova busca - outros