Violência obstétrica: o que dizem mães e profissionais da saúde de Santa Maria - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Saúde09/10/2017 | 11h31Atualizada em 09/10/2017 | 11h31

Violência obstétrica: o que dizem mães e profissionais da saúde de Santa Maria

Na última terça, protesto chamou a atenção para casos denunciados na Justiça 

Violência obstétrica: o que dizem mães e profissionais da saúde de Santa Maria Charles Guerra/New Co
Foto: Charles Guerra / New Co

As práticas denunciadas podem ser tão antigas quanto a ocorrência de partos em ambiente hospitalar. Mas, a polêmica expressão violência obstétrica ainda soa abstrata, generalista e tem definições dissonantes para muitas pessoas, sejam elas técnicos da saúde ou quem se considera vítima. 

Na última terça-feira, um protesto foi realizado de Santa Maria para pedir Justiça aos casos que tramitam no judiciário de Santa Maria e debate em torno do tema. O Diário ouviu mães e familiares que denunciam casos de violência obstétrica, profissionais da saúde, de órgãos policiais, representantes do Ministério Público e da Justiça, entre outros, para tentar jogar luz ao tema. Confira abaixo as opiniões e os casos. 

>>> CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A REPORTAGEM COMPLETA <<<

 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPrefeitura continua limpeza em Santa Maria neste sábado https://t.co/XIu3WfAJZ7 https://t.co/LIcdfBKvcZhá 14 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMVÍDEO: motorista filma destruição ao longo da BR-287 https://t.co/qtykUbSLh9 https://t.co/UX5vvRv7mqhá 14 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros