Santa Maria terá 21 locais de prova para o Enem - Diário de Santa Maria

Versão mobile

De olho na segurança13/10/2017 | 08h41Atualizada em 17/10/2017 | 18h37

Santa Maria terá 21 locais de prova para o Enem

Para evitar fraudes, sedes terão pelo menos um detector de metais

Na tentativa de conter fraudes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, o Ministério da Educação (MEC) vai utilizar 67 mil detectores de metal para vistoriar os participantes na entrada das salas e em saída para banheiros.

Em Santa Maria, são 21 locais de prova (confira a lista abaixo) com pelo menos um aparelho cada um, segundo a Coordenadora Municipal do Enem, professora Patrícia Oliveira. Além dos detectores de metal também serão usados detectores de ponto eletrônico e prova personalizada, o que deve garantir mais segurança e isonomia entre os participantes.

 SANTA MARIA, RS, BRASIL, 04-11-2016.Preparativos para o Enem. Na foto Escola Básica Estadual Dr. Paulo Devanier Lauda.FOTO: GERMANO RORATO/AGÊNCIA RBS, GERAL
Escola Paulo Devanir Lauda é uma das instituições que receberá candidatos do Exame em Santa Maria neste anoFoto: Germano Rorato / Agencia RBS

MEC repassa mais R$ 234 mil para merenda da rede municipal 

Patrícia explica que, neste domingo, os coordenadores de locais de provas de nove municípios da Região Central vão participar de treinamento na Universidade Federal de Santa Maria. São esperadas cerca de 140 pessoas.

– Cada local de prova tem um coordenador e um assistente, são essas pessoas que receberão o treinamento para saber como agir nas mais variadas situações que podem ocorrer durante os dias de provas. São oito horas de curso. Depois, esses coordenadores e assistentes vão se reunir com os fiscais de cada local de prova para fazer o treinamento com eles – conta.

Os participantes do Enem serão informados dos locais onde irão fazer a prova a partir do dia 20 de outubro, quando o MEC libera os cartões dos candidatos.

ATENÇÃO AO EDITAL
Além dos cuidados do MEC, os participantes do Enem também devem ficar atentos às proibições, listadas na página 49 do edital do candidato, para que não sejam desclassificados. Segundo a coordenadora municipal, cada sala de aula distribuirá porta-objetos para que os participantes guardem eletrônicos, relógios, smartphones e outros materiais. Os porta-objetos serão lacrados e o candidato terá acesso ao pacote quando for sair da sala, após concluir a prova.

Mudanças no Fies são aprovadas em comissão do Congresso

Se um estudante estiver com algum eletrônico, fone de ouvido ou qualquer item proibido no edital (como lápis e borracha), o fiscal poderá retirar o candidato da sala. O participante será encaminhado à coordenação do local de prova que vai avaliar cada caso individualmente e, dependendo da situação, o candidato poderá ser desclassificado.

As provas do Enem ocorrem em dois dias: 5 e 12 de novembro. Confira aqui as mudanças previstas para este ano. 


 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPrefeitura continua limpeza em Santa Maria neste sábado https://t.co/XIu3WfAJZ7 https://t.co/LIcdfBKvcZhá 14 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMVÍDEO: motorista filma destruição ao longo da BR-287 https://t.co/qtykUbSLh9 https://t.co/UX5vvRv7mqhá 14 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros