Projeto que ensina profissão a jovens busca parcerias em Rosário do Sul - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Oportunidades12/09/2017 | 11h30Atualizada em 12/09/2017 | 11h30

Projeto que ensina profissão a jovens busca parcerias em Rosário do Sul

Programa Pescar estabelece convênios para o ensino profissionalizante 

O Projeto Pescar está em busca de empresas no Rio Grande do Sul que queiram abrir espaço para que jovens possam aprender uma profissão. O foco, no momento, é a região da Fronteira Oeste.

O programa nacional é o primeiro passo profissional de jovens em situação de vulnerabilidade social, por meio de parcerias com empresas e organizações. As ações do projeto serão apresentadas amanhã em Rosário do Sul. O coordenador de expansão do Pescar, Marcelo Menna Barreto, irá se encontrar com lideranças empresariais do município para buscar a adesão de parceiros à iniciativa.

O município foi escolhido por apresentar poucas oportunidades de ensino profissionalizante aos jovens. A intenção é reunir empresários, profissionais liberais e entidades empresariais em um encontro, às 9h, na Associação Atlética Banco do Brasil. 

 Diretor de grupo espanhol que quer investir em Rosário do Sul visita o município

Com a interiorização, o projeto quer multiplicar o número de unidades no Brasil a partir de um formato de consórcio entre empresas, organizações sociais e o setor público e ampliar a formação socioprofissionalizante. As mais de 800 horas de aprendizagem são fundamentais para o alto nível de empregabilidade existentes entre os formandos. 

Depois de um ano de atividades junto às empresas parceiras, 89,2% dos jovens conquistam um emprego. Muitos são contratados nas próprias empresas ou em organizações parceiras da rede Pescar.

O PROJETO
O Projeto Pescar é um programa de formação socioprofissionalizante desenvolvido pela Fundação Projeto Pescar, em parceria com a sua rede colaborativa, para o acesso de jovens de famílias de baixa renda. Em 40 anos, já formou mais de 29 mil jovens, e conta com uma rede de 12 empresas mantenedoras institucionais, 117 empresas na Rede Pescar em 43 municípios brasileiros e com mais de 6 mil pessoas atuando para a transformação social dos jovens.

 Maquete da escultura de Érico Veríssimo é divulgada

A iniciativa está presente, também, na Argentina, no Paraguai, no Peru e em Angola.

 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMinistério Público de Contas sugere devolução de R$ 672 mil da obra da Câmara https://t.co/smytRLhrdb https://t.co/QzhTHJWf03há 17 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMFamílias atingidas pela tempestade poderão sacar até R$ 6 mil do FGTS https://t.co/2gJcob8x7X https://t.co/rTSqTqg30ehá 18 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros