Secretaria de Saúde proíbe uso e venda de anticoncepcional injetável no Estado - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Saúde pública21/04/2017 | 10h11Atualizada em 21/04/2017 | 10h11

Secretaria de Saúde proíbe uso e venda de anticoncepcional injetável no Estado

Decisão foi tomada após notificações de casos de gravidez durante o uso do medicamento

A Secretaria Estadual da Saúde determinou a suspensão do uso e a proibição da venda do contraceptivo injetável Demedrox® (acetato de medrox progesterona) em todo o Rio Grande do Sul.  A informação foi divulgada em uma nota publicada no site da secretaria na quinta-feira.

A decisão foi anunciada pelo secretário, João Gabbardo dos Reis, após receber a notificação de dois casos confirmados de gravidez durante o uso dessa medicação. O medicamento é fornecido pelo Ministério da Saúde e distribuído pelo Estado aos municípios pelas Coordenadorias Regionais de Saúde.

Para as usuárias do medicamento, a secretaria orienta que se dirijam a postos de saúde para receber informações e utilizem outro método de contracepção, como camisinha masculina e feminina.

*Com informações da Secretaria de Saúde

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Gramado da Baixada começa a receber reparos para decisão de domingo: https://t.co/jdsyE6X7Cj @diariosm https://t.co/W1Ho5B…há 42 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Eliminado na Terceirona, Guarany de Camaquã terá apenas seis remanescentes contra o Riograndense: https://t.co/iEWn24pQMm…há 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca