Motorista que esfaqueou jovem em briga de trânsito disse que agiu em legítima defesa - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Violência20/04/2017 | 16h54Atualizada em 20/04/2017 | 17h10

Motorista que esfaqueou jovem em briga de trânsito disse que agiu em legítima defesa

Aposentado, de 47 anos, prestou depoimento na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa na tarde desta quinta

Motorista que esfaqueou jovem em briga de trânsito disse que agiu em legítima defesa Gabriel Haesbaert / DSM/DSM
Foto: Gabriel Haesbaert / DSM / DSM

O motorista do Vectra que se envolveu em uma discussão de trânsito com agressão se apresentou à Polícia Civil na tarde desta quinta-feira. O aposentado, que tem 47 anos, confessou que esfaqueou o jovem de 28 anos em legítima defesa. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP).

De acordo com o advogado Paraguaçu Júnior, que atua na defesa do motorista, juntamente com o advogado Gustavo Souza, o homem compareceu na DPHPP por volta das 15h. Em depoimento, o aposentado disse que, durante a discussão, o motorista do Chevette, um jovem de 28 anos, teria pego um cabo de vassoura, com uma parte pontiaguda, e passou a agredi-lo. O homem ficou ferido no peito. 

"Ele saiu correndo para se salvar", diz mulher que viu o marido ser esfaqueado 

Na tentativa de se defender, segundo o advogado, o aposentado pegou uma faca que levava dentro do veículo e desferiu golpes contra o jovem, que teve ferimentos no rosto e na cabeça. 

– Ele alegou que apenas se defendeu. Meu cliente disse que deu um golpe e já parou, apenas porque percebeu que o outro motorista não pararia com as agressões – disse o advogado.

Motorista é esfaqueado em briga de trânsito em Santa Maria

A defesa do aposentado solicitou que imagens de câmeras de segurança, que teriam flagrado o início da ação, sejam avaliadas. Além disso, outras testemunhas devem ser ouvidas pela polícia nos próximos dias. 

Na tarde de quarta-feira, o casal que estava no Chevette foi chamado para prestar depoimentos na delegacia. Eles teriam anotado a placa do Vectra. De acordo com a jovem de 23 anos, que acompanhava o marido, ela passou por um momento de pânico ao vê-lo levar os golpes. A jovem disse desceu do carro e até tentou evitar que o responsável pelos ferimentos fugisse do local, sem sucesso. Segundo ela, outras duas pessoas estavam no Vectra - um homem e uma mulher - que também teriam participado da discussão. 

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Gramado da Baixada começa a receber reparos para decisão de domingo: https://t.co/jdsyE6X7Cj @diariosm https://t.co/W1Ho5B…há 39 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Eliminado na Terceirona, Guarany de Camaquã terá apenas seis remanescentes contra o Riograndense: https://t.co/iEWn24pQMm…há 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca