Exército vai ajudar BM em barreiras e operações perto de quartéis de Santa Maria  - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Segurança 20/04/2017 | 09h01Atualizada em 20/04/2017 | 10h32

Exército vai ajudar BM em barreiras e operações perto de quartéis de Santa Maria 

Ainda não há data definida para o começo das atividades

Exército vai ajudar BM em barreiras e operações perto de quartéis de Santa Maria  Lucas amorelli/New Co DSM
Foto: Lucas amorelli / New Co DSM

A possibilidade de o Exército reforçar o policiamento nas ruas de Santa Maria se confirmou na terça-feira durante reunião entre a 3ª Divisão de Exército (DE) e o Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) Central.

A reunião foi resultado de um pedido feito pelo secretário estadual de Segurança Pública Cezar Schirmer (PMDB), que ficou satisfeito com os resultados que a medida trouxe para Porto Alegre, cidade onde o Exército, desde o fim de 2016, trabalha em conjunto com a Brigada Militar (BM). O que está em definição, agora, é quando e como as ações ocorrerão em Santa Maria.

Justiça inocenta acusados de assassinar policial sepeense

– Nós definimos, até agora, que vamos continuar com o planejamento das ações, que ainda não têm data ou frequência certas. Haverá outra reunião, ainda a ser marcada, onde acertaremos o padrão, forma e método – relata o tenente-coronel Ricardo Alex Hofmann, comandante do CRPO Central.

Ainda conforme Hofmann, pelo fato de o Exército ter "uma estrutura grande", a burocracia para colocar essas ações em prática é proporcional, o que seria um dos motivos para elas ainda não terem começado.

Conforme o general de divisão da 3ª DE, Marcos Antonio Amaro dos Santos, devido à competência do Exército, haverá atuações próximas aos quartéis, e a BM vai auxiliá-lo em abordagens e barreiras estratégicas.

Dois jovens são assaltados por dupla armada em Santa Maria

– São atividades de instrução e adestramento em ações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Esses treinamentos são realizados nas proximidades dos aquartelamentos e poderiam dar apoio à segurança pública de Santa Maria. O comando da 3ª DE está em permanente contato com os órgãos de segurança pública, incluindo o Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) Central – explica o general Amaro.

Foto: Lucas amorelli / New Co DSM

Em Santa Maria, o déficit de efetivo da BM chega a quase 70%. O Exército, por meio dessas atividades ¿de instrução e adestramento¿ (treinamento), fará patrulhamento em ruas e avenidas da cidade, dando maior poder de polícia à fiscalização e para o combate à criminalidade. Além disso, cães farejadores poderão ser usados para ações específicas.

TREINAMENTO

O emprego das Forças Armadas em ações de GLO está previsto na Constituição Federal (art. 142) e nas Leis Complementares 117/2004 e 136/2010, bem como no Decreto 3.897/2001. O emprego só é possível quando autorizado pelo presidente da República a partir de um pedido do governador do Estado. Esse caso não se encaixa no contexto de Santa Maria. Como, na cidade, as ações serão de treinamento, fica dispensada a autorização do presidente da República.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSanta Maria é a 5ª cidade gaúcha com maior potencial de consumo https://t.co/HTp4xlVRBW https://t.co/WPETYgeGRMhá 2 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMTrabalhadores podem não receber o FGTS inativo https://t.co/pUuKdlp4Eh https://t.co/eMHJNJhFb0há 2 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros