Uma conversa sobre pais e mães que criam seus filhos sozinhos  - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Opinião15/03/2017 | 13h32Atualizada em 15/03/2017 | 13h32

Uma conversa sobre pais e mães que criam seus filhos sozinhos 

Colunista de Sociedade fala sobre uma corrida de táxi para abordar um tema relevante nos dias de hoje: a intolerância

Tenho poucos amigos que criam seus filhos sozinhos, e muito bem, diga-se de passagem. No entanto, tenho muitas amigas que enfrentaram esse desafio junto a todos os outros (entre eles, um mercado de trabalho com salários e acesso, geralmente, desiguais).

Foto: pixabay / pixabay

A CONVERSA COM O TAXISTA
Pois bem, outro dia, em viagem, peguei um táxi. Como gosto de ouvir as pessoas, aceitei o papo. O "bom" homem já começou o assunto dizendo ser separado e que criara os seus filhos sozinho. O tom era de rancor. Segui ouvindo seu relato, tentando não interromper (ele também não dava tempo para isso).

No trajeto, de menos de meia hora, o taxista conseguiu chamar a mãe de seus filhos de "vagabunda" no mínimo umas 3 vezes. Claro que não foi mais possível me manter quieta. Essa é uma palavra, que para mim, arde nos ouvidos.

Ele seguia insistindo em seus argumentos: de como sua vida era difícil e ao mesmo tempo o tornara um homem maravilhoso, fantástico. Um ser superior.

Professores e professoras: esse papo é com vocês

Tentei alegar que ele era uma exceção, pois no geral, são as mães que assumem seus filhos em casos de separação, fato esse tido como muito normal. Salientei que ele devia ser muito feliz por ter tido a oportunidade de acompanhar o crescimento dos seus filhos.

Antes de finalizar a corrida ele complementou: "só não fiz uma besteira quando ela me deixou porque meus filhos impediram. Mas o que ela merecia era um tiro, na cara!".

Se eu não estivesse com pressa (e muito indignada) juro que pediria outra corrida, só para argumentar mais um pouco. Mas acredito que não adiantaria muito. Talvez esse senhor precisasse bem mais tempo para se sensibilizar quanto à não violência.

O tom de arrogância e superioridade que vinha daquele senhor era repugnante. Lembrei das tantas mulheres que criam/criaram suas filhas(os) sozinhas, sendo muitas vezes criticadas por não terem mantido (aguentado) um casamento "estável e seguro"¿. Muitas delas tidas como "loucas" ou "desequilibradas".

Foto: pixabay / pixabay

AS MÃES-PAIS
Tenho muito orgulho dessas mulheres, que lutam para que suas filhas(os) estudem, sejam responsáveis, dignas(os). Elas, que no meio de uma reunião/aula/trabalho precisam sair correndo para verificar uma febre, uma dor de dente ou barriga ou mesmo um choro "sem motivo".

Que perdem o sono no meio da noite, calculando como chegar ao final do mês em dia com o mercado, padaria, colégio, material escolar, água, luz, telefone, condomínio, aluguel, transporte. 

Leia todas os colunistas de Sociedade

Que muitas vezes precisam abrir mão de crescerem profissionalmente para estarem mais perto das(os) filhas(os). E que, quando viajam, carregam na bagagem muita culpa, por pensarem na mínima probabilidade de uma filha(o) precisar e ela não estar presente.

Trocam champanhe por suco por ser mais saudável. Deixam de lado um bom livro para assistirem um desenho animado, jogar uma canastra, ir ao cinema assistir uma aventura juvenil. Elas, que tentam incentivar, principalmente as filhas, a serem mais ousadas, a lutarem e estudarem sempre, em busca da tal independência.

Essas mulheres que choram quando assistem suas filhas(os) subirem no palco para receberem o diploma. Ocasiões essas, que algumas vezes surge o pai, até então sumido. Eles, que chegam se dizendo orgulhosos, acreditando, piamente, que foi devido à milagrosa pensão que ele (ufa!) pagou mensalmente. Amigo, pensão, é o mínimo. Seus filhos querem presença, ouvidos, abraços, conversas e paciência, muita paciência.

*Observação: Meninos, não fiquem chateados com o tom de hoje. Ele foi só para o taxista. Sei que todos os outros pais são maravilhosos e criam os seus filhos(as) muito bem.


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @joao_lamas: Assaltantes agridem jovens durante assalto no centro de Santa Maria https://t.co/tWR6KUZu2Y @diariosm https://t.co/9JOcPftp…há 41 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMega-Sena acumula em R$ 97 milhões https://t.co/7zw1ut1awE https://t.co/8Lcqdohpsyhá 51 minutosRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros