Prefeitura notifica Parque da Medianeira por corte irregular de árvore - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Meio ambiente01/03/2017 | 18h38Atualizada em 01/03/2017 | 18h54

Prefeitura notifica Parque da Medianeira por corte irregular de árvore

Arcebispo  arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert diz que derrubada foi necessária

A administração do Parque da Medianeira foi notificada, na tarde desta quarta-feira, pela prefeitura de Santa Maria, por cortar - de forma irregular - uma árvore centenária que havia no local. Na manhã de domingo, alguns frequentadores do local relataram ao Diário o corte da árvore. 

Foto: Lucas Amorelli / New Co DSM

Administração do Parque da Medianeira corta timbaúva sem autorização

Um fiscal da prefeitura, acompanhado por um engenheiro florestal, esteve no local e fez a autuação, de acordo com o secretário de Meio Ambiente André Domingues. Em até 30 dias a administração do parque deve receber uma multa e o aviso de como vai funcionar a compensação (plantio de outras árvores).

Maioria dos feriados deste ano cairão em quintas ou sextas-feiras

– É inegável que o corte é irregular, mas eles ainda podem entrar com recurso. O valor da multa ainda deve ser elaborado, mas podemos afirmar que a compensação será feita no próprio parque. Falta definir como e quando será feito – explica o secretário. 

Domingues lembrou que a Secretaria de Meio Ambiente tem uma grande demanda de fiscalizações e pedidos de autorização para outros cortes de árvores e que, normalmente, são avaliados por ordem de chegada na secretaria. A situação do Parque da Medianeira não entrou na fila por se tratar de um local de interesse público. 

Prefeitura e supermercado são condenados a indenizar mulher que caiu em calçada 

 Arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert diz que corte foi necessário

Na tarde desta quarta-feira, a Arquidiocese de Santa Maria convocou uma coletiva de imprensa para o anúncio da Campanha da Fraternidade 2017, que tem como tema: Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida".A oportunidade trouxe à tona a polêmica do corte de um timbaúva centenária em que o Santuário pode responder a um processo administrativo e multa (o valor pode ir de R$ 500 a R$ 10 milhões). À reportagem do Diário, o arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert, foi enfático:

Era uma necessidade, estava prejudicando a Basílica. A árvore deve estar a serviço do homem. Imagina se um galho cai em cima de alguém? A Igreja se preocupa com a saúde das pessoas.

Para denúncias ou autorizações

O corte ou poda de qualquer espécie de árvore necessita de autorização junto à Secretaria do Meio Ambiente. Para fazer o pedido, os moradores podem ir ao local (4º andar do centro administrativo, na Rua Venâncio Aires, Parque Itaimbé), das 7h30min às 13h30min. O telefone de contato é o (55) 3921-7000. Denúncias de cortes irregulares também devem ser feitas por meio desse telefone e endereço. 


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMO calendário de concursos e as turmas preparatórias abertas https://t.co/P6rBCeBy5B https://t.co/FIJ1eqIPAHhá 1 diaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSeca e ventos aumentam o risco de incêndios às margens de rodovias https://t.co/ed647rnQ2x https://t.co/DMkYZeFFyhhá 1 diaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros