PM é preso após balear colega dentro de quartel em São Gabriel - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Violência09/03/2017 | 18h25Atualizada em 09/03/2017 | 18h25

PM é preso após balear colega dentro de quartel em São Gabriel

Comando apura motivação para o crime, que aconteceu nesta quinta-feira

PM é preso após balear colega dentro de quartel em São Gabriel Márcio Vaqueiro/Divulgação
Foto: Márcio Vaqueiro / Divulgação

Um policial militar (PM) de 43 anos foi preso em flagrante após balear um colega, de 47, dentro do quartel no município de São Gabriel na tarde desta quinta-feira.

Por volta das 14h, conforme o comando do 4º Esquadrão da Brigada Militar (BM), a vítima, que é 3º sargento da BM, aguardava para ser designada a uma seção no quartel, que fica na Avenida Francisco Chagas, bairro Centro, pois teria retornado ao serviço depois de alguns dias de folga, já que havia participado da Operação Golfinho. Ela teria entrado no setor administrativo, onde estava o colega, também 3º sargento, apontado como responsável pelos disparos. O crime ocorreu nesse setor.

PRF apreende 475 litros de bebidas em Rosário do Sul

– Neste momento, não é possível dizer o que aconteceu com exatidão, pois não sabemos ainda o contexto, e o acusado não é preciso no que fala. Acreditamos que a motivação está relacionada a uma questão particular entre eles – relata o comandante do 4º Esquadrão, capitão Rafael Assis Brasil Ramos Aro.

Os dois sargentos têm quase 30 anos de serviços prestados à BM, sendo pelo menos 10 deles servidos no quartel de São Gabriel. As identidades deles não foram divulgadas oficialmente pela BM.

O capitão Assis Brasil descreve que o sargento preso trabalhava na seção dele quando a vítima entrou na sua sala. Ele teria atirado duas vezes, e um dos tiros atingiu o colega na altura do peito. Em seguida, o responsável pelos disparos foi desarmado e imobilizado por outros policiais.

Treinamento em portaria é um aliado contra assaltos

A vítima foi socorrida pela pelos próprios colegas e transportada em uma ambulância ao Hospital Santa Casa de Caridade, onde está internada em estado estável. Conforme o hospital, "o risco de morte é baixo".

O responsável pelos disparos recebeu voz de prisão e está aquartelado, aguardando a autoridade policial homologar o flagrante.

– Não se trata de um crime comum, já que aconteceu dentro de um quartel, então, ele vai responder por crime militar e deve permanecer aquartelado até definição da Justiça. Isso deve acontecer amanhã (sexta-feira) pela manhã – diz Assis Brasil.

Cachorro morre após ataque de abelhas em Rosário do Sul

A arma, um revólver calibre 38, era a utilizada pelo PM durante o trabalho. Ela foi apreendida e fará parte do Inquérito Policial Militar (IPM) do caso.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMAnemia falciforme, uma doença pouco conhecida https://t.co/yWzH3op7yd https://t.co/SH8nHjmnD7há 18 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMDivulgados os gabaritos dos vestibulares de inverno Fisma e Fadisma https://t.co/USORrTxDaK https://t.co/p7lQ6QaJL0há 18 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros