VÍDEO: escola é arrombada pela quinta vez em 14 dias em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Violência14/02/2017 | 10h47Atualizada em 14/02/2017 | 16h19

VÍDEO: escola é arrombada pela quinta vez em 14 dias em Santa Maria

Imagens das câmeras mostram o ladrão passando pelo pátio de entrada e seguindo para os fundos


A diretora Rosecler Knackfuss festejou, na tarde desta segunda-feira, ao lado das outras professora, a assinatura de um convênio entre a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e a Escola Estadual Xavier da Rocha. Por meio do projeto Música na Escola, os mais de 300 alunos do colégio do bairro Itararé poderiam continuar suas lições de música, fazer apresentações e aprender de forma lúdica.

Conserto do telhado, por onde o ladrão entra, começou a ser providenciado na manhã desta terça-feira  Foto: Gabriel Haesbaert / NewCo DSM

Mas o sonho da diretora e das professoras foi ceifado na manhã de hoje, mais uma vez. Desde o começo de fevereiro (14 dias, portanto), a escola foi alvo de um ladrão cinco vezes. O último arrombamento ocorreu nesta madrugada. Parte dos instrumentos que seriam usados no projeto foram levados.

Projeto consegue reduzir arrombamentos em Camobi

Imagens de uma das câmeras de segurança mostram o momento em que o bandido passa pelo pátio frontal do colégio e segue até a horta. Dali, ele teve acesso ao telhado.

_ É a mesma pessoa sempre que entra no mesmo lugar. A gente conserta o telhado, e ele encontra outra forma de entrar. Desparafusa os brasilites. Na última vez, ele deixou uma lanterna e um cadeado. Hoje, me sinto impotente. Sou uma pessoa forte, mas cheguei chorando na escola agora de manhã. A gente faz milagres para deixar a escola melhor. Com pouco mais de R$ 2 mil mensais de verba de manutenção (para telefonia, internet, luz, água e material de expediente), conseguimos economizar e pintar o colégio _ lamentou a diretora, com a força de quem não pode esmorecer frente a um desafio tão grande que é educar.

Projetos em risco

Nas cinco vezes que entrou na escola, o ladrão já levou uma TV de 53 polegadas e dois DVDs que eram utilizados com os alunos do turno integral. Os equipamentos tinham três anos de uso. Foram conseguidos com verba do projeto Mais Educação.

Leia todas as notícias de hoje do Diário

O ladrão levou também os instrumentos musicais que estavam na escola fruto de um convênio com Exército e Fundae. Restaram apenas instrumentos velhos, da antiga banda marcial da escola.

_ Temos alguns instrumentos de percussão, que usamos nas oficinas do Mais Educação. Não vamos prejudicar os projetos, mas não sabemos por onde começar agora _ relatou uma professora da escola.  

Foto: Gabriel Haesbaert / NewCo DSM


Segurança


Um dos mistérios envolvendo os arrombamentos é entender como o ladrão consegue desligar os sensores e os alarmes colocados na escola pela empresa de monitoramento Progel.

Conforme um técnico da empresa, a segurança foi reforçada com concertina (rolos de arame farpado), novos sensores em salas e câmeras.

_ O alarme não soou. Ele (ladrão) consegue inutilizar de alguma forma. Ele deve conhecer muito bem a escola e sabe por onde entrar, um especialista em altura (o telhado tem mais de 15 metros). Não temos como colocar concertina no todo telhado _ indigna-se o técnico da empresa.

Idoso é largado perto da rodoviária após assalto


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSó seis unidades de saúde de Santa Maria têm a vacina pentavalente https://t.co/9x17liVcYq https://t.co/pUClKz22Ozhá 1 horaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMDivulgado o calendário de pagamento do PIS https://t.co/JyeqTvn0iX https://t.co/kPgf86n3olhá 3 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros