Caçapava do Sul cancela carnaval de rua por falta de segurança - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Região22/02/2017 | 11h08Atualizada em 22/02/2017 | 12h02

Caçapava do Sul cancela carnaval de rua por falta de segurança

Prefeito anunciou decisão em rede social na tarde de terça-feira

A prefeitura de Caçapava do Sul, na Região Central, decidiu cancelar o carnaval de rua 2017 no município. A decisão foi tomada devido à falta de segurança, já que Brigada Militar, Polícia Civil e Bombeiros estão com atendimento restrito por falta de contingente.

Prefeitura de Caçapava do Sul pede socorro para a segurança pública

Na última quinta-feira, o prefeito, Giovani Amestoy, esteve na Casa Civil para pedir socorro em relação ao fechamento de órgãos de segurança pública da cidade devido à falta de efetivo. A Polícia Civil passou a trabalhar em regime de plantão durante as madrugadas e a guarnição do Corpo de Bombeiros ficaria fechada nas madrugadas de 23 e 25 de fevereiro. Além disso, a Brigada Militar do município havia enviado um documento afirmando que o efetivo atual era insuficiente para trabalhar na segurança do Carnaval.

Em uma publicação numa rede social, o prefeito informou, na tarde de ontem, que o desfile seria transformado em um evento beneficente, a ser realizado no domingo, a partir das 14h, na Rua XV de Novembro. No local, serão arrecadados alimentos, roupas e materiais escolares para instituições de caridade do município.

Confira, abaixo, a íntegra do comunicado.

"Boa tarde. Após pensar e analisar as situações definimos por cancelar o evento de carnaval em Caçapava do Sul e transformar em um desfile beneficente das escolas de samba a ser realizado no domingo as 14h na rua XV de Novembro, onde estaremos recebendo doações de alimentos, roupas e material escolar para instituições de caridade de nossa cidade. Tendo em vista a recente onda de insegurança que assola o nosso Estado e os recentes acontecimentos de nosso município, como fechamento do plantão da polícia civil, deficit de efetivo da brigada militar e bombeiros tomamos essa difícil decisão. Sou oriundo da segurança pública, sei dos riscos de um evento dessa magnitude e jamais me perdoaria se algo acontecesse em nossa cidade e pudesse ter sido evitado. Sei da tradição do carnaval, sei que poderei ser criticado por alguns, mas sei também da responsabilidade de estar na gestão pública e trabalhar pelo bem maior que é a vida e o bem coletivo. Peço desculpas aos prestadores de serviço e comerciantes que iriam trabalhar no evento. Desejo a todos uma ótima semana e um ótimo feriado. Contem comigo sempre! Abraço!"

Na região

Em Silveira Martins, a prefeitura também cancelou o primeiro carnaval de rua, que estava programado para o próximo sábado. O motivo são os estragos provocados pelas fortes chuvas dos últimos dias na região. Os recursos disponíveis no orçamento municipal serão totalmente direcionados para a manutenção das vias.

 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMHá 12 anos, rádio comunitária aproxima moradores em Santa Maria https://t.co/d2iU0Pl3aB https://t.co/pE18YucVD1há 3 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMAções públicas e consciência coletiva são necessárias para ter o Cemitério Ecumênico limpo e arrumado… https://t.co/6J8pUjau1Hhá 3 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros