Viaduto Evandro Behr receberá grafite para lembrar vítimas da Kiss - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Tragédia em Santa Maria10/01/2017 | 08h09Atualizada em 10/01/2017 | 09h15

Viaduto Evandro Behr receberá grafite para lembrar vítimas da Kiss

Ideia não é fazer uma arte de protesto, mas, sim, de referência à vida 

Viaduto Evandro Behr receberá grafite para lembrar vítimas da Kiss Germano Rorato/Agencia RBS
Grafite, que será feito nas paredes laterais do Viaduto Evandro Behr, deve ter como tema a valorização da vida  Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Uma das ações programadas para marcar os quatro anos do incêndio na boate Kiss, em 27 de janeiro deste ano, deve começar a ser colocada em prática nesta semana. As paredes do Viaduto Evandro Behr, no centro de Santa Maria, serão preparadas para serem grafitadas. As laterais da pista que liga a Avenida Rio Branco à Rua do Acampamento vão receber um fundo de pintura sobre o qual serão feitos os grafites.

Prefeitura e AVTSM planejam homenagens nos 4 anos da tragédia

Segundo o presidente do Movimento Santa Maria do Luto à Luta, Flávio da Silva, a arte não terá tom de protesto. Ao contrário, fará referência à vida e à juventude:

– O viaduto sempre foi um local marcado por manifestos, protestos... e, há mais de dois anos tínhamos a ideia de fazer um grafite ali. Será diferente, de valorização da vida, pensando no que gostaríamos para a cidade. Além disso, o grafite vai evitar que o local seja pichado no futuro.

A história de seis órfãos da boate Kiss

A ideia é que tudo esteja pronto nos dias que antecedem o 27 de janeiro. O incêndio de 27 de janeiro de 2013 deixou 242 pessoas mortas e mais de 600 feridas, a maior tragédia gaúcha.

Para utilizar o espaço do viaduto, o presidente do Movimento e o presidente da Associação dos Familiares das Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), Sergio da Silva, receberam autorização da prefeitura.

Programação e homenagens

Além do grafite no viaduto, outras atividades já estão definidas. Haverá uma vigília em frente ao prédio da boate, a partir das 22h do dia 26 de janeiro até as 2h30min do dia 27.

Veja como foram as homenagens nos últimos anos:
Sirene e fumaça marcaram os 3 anos do incêndio na boate Kiss
Fachada da boate Kiss ganha nova arte durante homenagens
Chuva de pétalas marca encerramento das homenagens às vítimas da Kiss
Emoção marca homenagem de 2 anos aos mortos da Kiss em Santa Maria

Na manhã do dia 27, a partir das 10h, os familiares das vítimas se reunirão na tenda da vigília, que fica em frente ao Banrisul. As atividades do dia serão concentradas na Praça Saldanha Marinho. Uma estrutura com palco será montada no local pela prefeitura, onde ocorrerão apresentações culturais. O serviço Acolhe Saúde do município, que atende aos familiares das vítimas, também terá espaço na praça.

À noite, por volta das 19h30min, será realizado um colóquio organizado pela TV OVO. Entre os debatedores está confirmada a presença do professor da Unicamp, Márcio Seligmann Silva, que tem publicações sobre trauma e testemunhos de catástrofes.

 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPrefeitura quer cobrar ISSQN de mais serviços https://t.co/LjixRKUUzG https://t.co/tuB0prSIrAhá 15 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMJovem morre em acidente na BR-158 https://t.co/fVLIoC8QIO https://t.co/E0nu35zEqShá 16 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros