Incêndio destrói casa e estabelecimento comercial em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Sinistro07/01/2017 | 16h31Atualizada em 07/01/2017 | 16h41

Incêndio destrói casa e estabelecimento comercial em Santa Maria

Três guarnições dos bombeiros foram deslocadas para atender a ocorrência

Incêndio destrói casa e estabelecimento comercial em Santa Maria Mariana Fontana/Agência RBS
Foto: Mariana Fontana / Agência RBS

Um incêndio destruiu um estabelecimento comercial e uma casa na tarde deste sábado em Santa Maria. O caso aconteceu na Avenida Rodolfo Behr, no bairro Camobi. No local, funcionava o X do Nenê e, junto ao estabelecimento, ficava a casa da família. Ninguém ficou ferido.

Redução no número de subprefeitos é criticada por moradores dos distritos de Santa Maria

De acordo com o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, o fogo começou por volta das 13h30min e demorou cerca de 40 minutos para ser controlado. Três guarnições – do Centro e de Camobi – foram deslocadas para atender ao incêndio. Ao todo, oito homens trabalharam no controle das chamas, e foram utilizados cerca de 15 mil litros de água. 

Jovem é morto a tiros em Santa Maria

Até a tarde deste sábado, as causas do incêndio não tinham sido apuradas. Conforme os bombeiros, não havia ninguém no local no momento em que o fogo começou. Uma senhora, que estava em uma casa nos fundos, foi retirada do local e não ficou ferida.

Um a cada três professores da rede privada sofre de depressão

Foto: Mariana Fontana / Agência RBS

O incêndio chamou a atenção dos vizinhos, que permaneceram próximo ao local durante o trabalho de controle da chamas. Conforme os bombeiros, a comunidade ajudou a guarnição barrando o trânsito, isolando o local e prestando informações.  

– Ouvi um estouro, até achei que, pelo barulho, fosse granizo. Quando saí para fora de casa, vi toda aquela fumaça e comecei a gritar para chamarem os bombeiros. Formou uma labareda muito alta, foi um susto – contou Sadimara Zanini Siqueira, 47 anos, que mora ao lado do estabelecimento.

Polícia confirma assassinato e Santa Maria fecha 2016 com 66 homicídios

Foto: Mariana Fontana / Agência RBS

Na casa, moravam o casal Elisandro Mila Pereira, 40 anos (conhecido como Nenê), a mulher dele, Patrícia Pereira, 44, e a filha, Emily, 17. Conforme o compadre de Elisandro, Maurício Bianchin, a família tinha saído de casa e só soube do incêndio depois de ser avisada por vizinhos. Segundo Bianchin, a família trabalhava vendendo xis no local há cerca de 10 anos. 

–  A venda de xis era o sustento da família deles – disse Bianchin.

Ainda no local, os vizinhos começaram a se mobilizar e criaram uma página no Facebook para arrecadar doações para a família. Na página, intitulada Força ao xis do nenê, há números de contato para doações.


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMHá 15 vagas de emprego disponíveis no Sine para esta quinta-feira em Santa Maria https://t.co/78haMTFuGj https://t.co/AQ8XOx4h5xhá 3 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMDois filmes estreiam no cinema de Santa Maria nesta quinta-feira https://t.co/x6aUXBcMUp https://t.co/5Gh39taK9xhá 3 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros