Fé renovada no morro de Santo Antão, em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Religião08/01/2017 | 13h53Atualizada em 09/01/2017 | 09h36

Fé renovada no morro de Santo Antão, em Santa Maria

Descida da imagem anuncia início das festas em honra ao santo

Fé renovada no morro de Santo Antão, em Santa Maria Ronald Mendes/Especial
Foto: Ronald Mendes / Especial

Pela 169ª vez, fiéis desceram do morro Santo Antão, na manhã deste domingo em Santa Maria, a imagem do santo que lhe deu nome. A tradição é repetida ano após ano sempre uma semana antes da Festa em Honra a Santo Antão, que este ano ocorre no próximo dia 15.

Mas antes que isso fosse possível, foi necessário subir 800 metros de encosta íngreme, passando por 15 cruzes, para chegar à clareira onde fica a pequena casa que abriga a imagem do santo.

Como aliar estilo e conforto para trabalhar no verão

Por volta das 8h30min, um grupo com cerca de 30 pessoas, de diferentes idades, se pôs em marcha, uma caminhada que leva cerca de 30 minutos.

– Devagar e sempre – diz o servidor público Antônio D¿ávila, 54 anos, que descansava junto da esposa, Cláudia, junto à terceira cruz.

Lá em cima, um grupo de fiéis ficou responsável por carregar a imagem encosta abaixo. Um dos organizadores, Juarez Medeiros, conta que Santo Antão vendeu todos os bens que tinha e se afastou das pessoas, indo morar em uma caverna no deserto, onde levou uma vida de oração. Tamanha demonstração de fé atraiu fiéis que passaram a residir em áreas próximas de onde ele estava. A tentativa de ilustrar, em Santa Maria, essa passagem da história de Antão justifica a imagem estar em um lugar afastado, de difícil acesso, e ser necessária, todos os anos, a subida e a descida.

– "Se queres ser perfeito, vai, vende seus bens, dê aos pobres e terás um tesouro nos céus, depois vem e segue-me", disse Jesus ao jovem rico, na Bíblia. É uma lição que dizem que tocou Santo Antão, e eu estou aqui porque acredito no exemplo dele. Venho agradecer. Por isso, sempre que posso, participo – diz a agricultora Célia Andrade, 40 anos.

Especialistas da UFSM vão ajudar a prefeitura na solução de problemas crônicos da cidade

Conforme o Conselho e Comunidade do distrito, Santo Antão é um santo egípcio do início do cristianismo no oriente. Nasceu em 251, era filho de pessoas simples do campo e seus pais professavam a fé em Jesus Cristo. Ele tinha uma irmã. Quando seus pais morreram, ele estava com vinte anos de idade e, seguindo o curso natural da vida, herdou os bens da família e passou a cuidar da irmã. Levou a vida com o trabalho na roça, mantendo uma vida simples, até ter ouvido a passagem citada por Célia durante uma missa. Sentiu que Cristo lhe chamava, vendeu tudo o que tinha e se afastou. Na mesma época, sua irmã se casou.

O grupo desce do morro rezando e cantando, sempre em uníssono. Primeiro, Creio em Deus Pai. Depois, Pai Nosso. Por último, Ave Maria.

A última atividade do dia antes do almoço é a missa, que ocorre em uma capela próxima. Ela é presidida há 59 anos pelo padre Artêmio Santi, 83 anos, "discípulo de Jesus Cristo, assim como Santo Antão".

– "Senhor Deus, que permitistes mesmo na solidão de uma gruta no deserto, Santo Antão fosse perturbado pelo demônio com violentas tentações, mas lhe deste forças para vencê-las, enviai-me do céu o vosso socorro, porque eu vivo em um ambiente minado de tentações que me agridem pelo rádio, televisão, novelas, bailes, cinema, revistas, propagandas e maus companheiros. Santo Antão, ficai sempre a meu lado, vós que vencestes o demônio, me dareis força na tentação. Na hora da tentação, socorrei-me Santo Antão. Santo Antão, eremita que nunca faltais com o vosso socorro aos que vos invocam, rogai por nós. Amém" – reza.

Redução no número de subprefeitos é criticada por moradores dos distritos de Santa Maria

A imagem é levada de volta ao topo do morro durante a Semana Santa. Até lá, há uma programação da chamada Festa em Honra a Santo Antão.

Programação
O tema é "Com Maria e Santo Antão ser discípulos de Jesus Cristo". O lema, "Queremos que nossos olhos se abram".

11, 12 e 13
Tríduos – 20h
Transporte de graça a partir da Avenida Rio Branco

15
Festa de Santo Antão
9h – Confissões
10h – Missa
11h – Procissão
12h – Almoço campal
14h30min – Bênção da Saúde (a partir desse horário, tertúlia livre, com animação de Adão Índio Siqueira)

Transporte pago, de hora em hora, a partir das 8h. Telefone: (55) 3225-5115.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Edugol marca duas vezes, Inter-SM vence o Santa Cruz e fica mais perto da classificação:https://t.co/GSroxSZ7L8 @diariosm…há 16 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMVÍDEO: no dia do engraxate, quem são os profissionais que resistem à atividade https://t.co/deTwpncHdL https://t.co/HflLBMq757há 8 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros