Desnutrida, égua agoniza em rua de Santa Maria - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Maus tratos02/01/2017 | 12h06Atualizada em 03/01/2017 | 09h53

Desnutrida, égua agoniza em rua de Santa Maria

Animal será levado ao Hospital Veterinário da UFSM para exames

Desnutrida, égua agoniza em rua de Santa Maria RBSTV/Agencia RBS
Cavalo foi abandonado em frente a um posto de saúde no bairro Diácono João Luiz Pozzobon Foto: RBSTV / Agencia RBS
Diário de Santa Maria
Diário de Santa Maria

Uma égua foi encontrada por moradores do bairro Diácono João Luiz Pozzobon agonizando em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS) São Francisco, no residencial dom Ivo Lorscheiter, Região Leste. 

Este é o segundo animal achado nessa situação na cidade em uma semana. Em 26 de dezembro, outro cavalo foi encontrado na perimetral dom Ivo Lorscheiter, no bairro Passo D'Areia. O animal ficou cerca de três dias em decomposição no local, até ser recolhido no dia 29.

Morre segunda vítima de explosão de fogos de artifício em Réveillon

De acordo com os moradores, foi feito um contato telefônico com a Guarda Municipal, às 9h desta segunda-feira. A Guarda contatou a Secretaria de Meio Ambiente e uma ONG, que prestou os primeiros socorros. 

Segundo a Guarda, a  demora para retirar do local deve-se ao fato de a caminhonete que puxa o reboque estar com problema no freio. Sem o carro, não há como fazer o transporte. Por isso, um veterinário voluntário foi acionado para prestar socorro ainda no local e fazer o transporte com urgência. 

Irmãos Pozzobom comandam a política

Segundo a voluntária que se propôs ir ao local, Enara Bianchin, o animal estava desnutrido e com suspeitas de insuficiência renal. Ele foi encaminhado para o Hospital Veterinário da Universidade Federal de Santa Maria (HVSM), onde passa por exames.

Atendimento 

Por volta das 11h30min, uma equipe da Guarda Municipal iniciou o atendimento da equina. As 14h, o animal chegou HVSM, onde passou por exames e recebeu medicação intravenosa e água. Ela está sedada e sendo monitorada por uma equipe permanente.

De acordo com chefe do departamento dos grande animais e coordenador do setor de equinos, Marcelo Soares, "o estado é crítico". 

– A égua, com cerca de 20 anos, chegou com uma deficiência orgânica grande. Uma série de lesões antigas e poucos sinais vitais. Faremos todo o possível para resgata-la. As 48 horas iniciais serão decisivas para sua vida, disse. 

Análises preliminares indicam que as lesões sejam em decorrência da tração de carroça.  

A QUEM PEDIR AJUDA

Casos de animais vítimas de maus tratos e abandonados, vivos ou mortos, em vias públicas devem ser informados à Guarda Municipal pelo telefone: (55) 3921- 7167. O serviço funciona de segunda a sexta-feiras, das 8h ao meio dia e das 13h30min às 17h30min. 

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMNenhum carroceiro compareceu à reunião da comissão de Vereadores na Vila Oliveira https://t.co/URmxVTfOwH https://t.co/lroOYXD8PBhá 31 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM"Piratas do Caribe" e outros cinco filmes estão em cartaz no cinema em Santa Maria https://t.co/oytt701Wrp https://t.co/684lIqIfqIhá 46 minutosRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros