Conheça seu Valdir, agricultor que dedicou à vida ao cultivo de hortaliças em Santa Maria  - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Juscelino Kubitschek10/01/2017 | 10h30Atualizada em 10/01/2017 | 15h53

Conheça seu Valdir, agricultor que dedicou à vida ao cultivo de hortaliças em Santa Maria 

Valdir Albuquerque se tornou conhecido no bairro pelos produtos sempre vistosos e fresquinhos, que ele mesmo planta e vende

Conheça seu Valdir, agricultor que dedicou à vida ao cultivo de hortaliças em Santa Maria  Germano Rorato/Agencia RBS
Foto: Germano Rorato / Agencia RBS
Pâmela Rubin Matge
Pâmela Rubin Matge

pamela.matge@diariosm.com.br

Ele já se aventurou em outras áreas. Cumpriu serviço militar obrigatório, trabalhou no ramo de bebidas na Capital e até foi aprovado em um concurso dos Correios, mas foi para horta que ele voltou. É com as mãos sujas de terra e, muitas vezes, com os pé descalços, que Antonio Valdir Azevedo Albuquerque, o dono da Verduraria do Valdir, sente-se completo.

– Fiquei um ano nos Correios e vi que aquela vida não era para mim. Ouvi dos colegas que eu era louco de trocar um emprego federal pelas verduras – conta.

Há quase cinco décadas, seu Chocolate percorre as ruas de Santa Maria

A ligação com o lugar é forte. A família de Valdir mudou-se para a área de 2,3 hectares na Rua Canários, nº 9, quando ele tinha apenas 3 anos (hoje, tem 63).

– Estou aqui, casado há 40 anos com uma "guria de cidade", que hoje gosta mais da horta do que eu, um casal de filhos e uma neta – orgulha-se seu Valdir.

Desde criança, o verdureiro ajudava o pai, que arrendava o local, também na atividade hortigranjeira, que era ainda maior. À época, promovia feiras e fornecia os produtos a cidades vizinhas. Valdir lembra de, na década de 1970, encher uma carroça de hortaliças e ir até a antiga Viação de Férrea. De lá, sua carga embarcava para a Cacequi, Júlio de Castilhos e outros municípios da região.

Há 28 anos, seu Paraguai e sua borracharia fazem história na cidade


Atualmente, ele só atende quem vai até a Verduraria do Valdir, empreendimento que mantém há 40 anos. O diferencial do lugar é que tudo é colhido na hora, e o cliente mesmo pode percorrer os canteiros e escolher o que levar. Os valores variam de R$ 2 (um maço de tempero verde), por exemplo, a R$ 5 (1kg de tomate).

O agricultor garante que produtos mais saudáveis não há, pois não é utilizado agrotóxico algum, e as plantas crescem à base de adubos orgânicos e muita água. Por sorte, no terreno das horta, há quatro poços artesianos onde a água verte naturalmente do solo. Seus únicos inimigos são o clima e a temperatura: Valdir já chegou a perder tudo o que tinha em épocas de muito calor ou frio, chuvaradas e granizo.

Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Incentivo à agricultura local
Entusiasta da atividade hortigranjeira, seu Valdir lamenta o fato de as redes de supermercado e demais setores de Santa Maria não incentivarem a agricultura local. Segundo ele, muitos optam pela rapidez e compram produtos que atravessam o Estado até chegar aqui. A qualidade, contudo, nem sempre é a mesma.

Conheça Telmo, que em seu estabelecimento oferece um cardápio repleto de gentileza e afeto

Mesmo aposentado, o agricultor não fica um só dia longe da plantação. Diz que herdou o hábito do pai, e que parece "estar na veia". O atendimento aos clientes também proporciona grande satisfação:

– Faço tipo uma psicologia: converso, recepciono. Conheço um monte de gente. Assim, nem vejo o tempo passar. Pode ser domingo ou feriado que acordo e tenho de olhar minha horta. Pego sol de 30°C, 40ºC, ando descalço e nem sinto. Quem trabalha fechado nos escritórios, adoeceria. Fiquei resistente a tudo quanto é bactéria e, para mim, isso é saúde – avalia seu Valdir da verduraria.

Verduraria do Valdir
Onde: Rua Canários, nº 9 - Bairro Juscelino Kubitschek
Fone: (55) 3212-2268

Foto: Germano Rorato / Agencia RBS




 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Wolmar Heringer será o próximo presidente do Riograndense: https://t.co/NKUmolP7Lh https://t.co/KdclB8GTw2há 8 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMotociclista morre ao ultrapassar em local proibido da BR-290 https://t.co/zfVfaEyH5K #rosáriodosul https://t.co/xYKzb97Xdyhá 19 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros