Amantes são indiciados por contratar matador de aluguel para assassinar marido - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Tupanciretã26/01/2017 | 08h54Atualizada em 26/01/2017 | 08h54

Amantes são indiciados por contratar matador de aluguel para assassinar marido

Mulher confessou o crime e alegou que era vítima de violência

A Polícia Civil concluiu o inquérito que investiga o assassinato de Hémerson Júnior Dinarte Marques, 30 anos, que aconteceu no dia 30 de setembro de 2016, no bairro Marcial Terra, em Tupanciretã.

No entendimento do delegado Adriano de Rossi, responsável pela investigação e titular da delegacia no município, o amante da mulher da vítima contratou um matador de aluguel para assassiná-lo.

A dupla foi indiciada por homicídio duplamente qualificado (por emboscada e mediante pagamento). No dia 19 deste mês, o casal foi preso preventivamente em Tupanciretã, após quase quatro meses de investigação. O homem foi levado para o Presídio Estadual de Júlio de Castilhos, e a mulher para o Presídio Regional de Santa Maria.

Homem é assassinado a tiros em frente de casa em Tupanciretã

O delegado não entra em detalhes, mas relata que provas levantadas durante o processo investigativo levaram a essa conclusão. A mulher, de 32 anos, confessou envolvimento no crime durante depoimento ao delegado. Ela relatou que era maltratada pelo marido e que essa teria sido a motivação para o crime.

– Ela se queixava com frequência dele, pois seria vítima de violência. Em um determinado momento, o amante disse "eu acho que tenho alguém que pode acabar com isso" – relata o delegado Rossi.

Casal suspeito de matar homem em Tupanciretã é preso

O amante tem 26 anos e teria pago R$ 3 mil para o matador de aluguel cometer o crime. A Polícia Civil ainda não sabe como ele conseguiu contatá-lo, pois é morador de Tupanciretã e não tem histórico criminal.

– Ele não entrou em detalhes sobre isso durante o depoimento. O que sabemos é que quem cometeu o assassinato efetivamente já foi identificado. Ele está foragido e não está no Estado – afirma Rossi.

Suspeita de dar golpe com anúncios de casas de praia é presa em Santa Maria

O assassinato
O crime aconteceu por volta das 21h daquele dia, na Rua Manoel Gomes da Luz. Marques chegava em casa quando foi atingido por pelo menos dois disparos de arma de fogo, que acertaram a cabeça e o tórax dele. 

A mulher da vítima, à época, contou à polícia que ouviu quatro disparos e, ao sair, encontrou o marido caído no pátio de casa.

 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Soldiers espera mais de duas mil pessoas na decisão de sábado em Santa Maria: https://t.co/krwQXcA7Sd @diariosm @Naion_Cur…há 13 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPostos de saúde de São G https://t.co/YXmMmEqIt5 abriel passarão a atender até as 22h https://t.co/EUoDQ4QPpthá 15 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros