Alunos lesados após fechamento de CFC receberão atendimento em outro estabelecimento - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Santa Maria13/01/2017 | 18h34Atualizada em 13/01/2017 | 18h34

Alunos lesados após fechamento de CFC receberão atendimento em outro estabelecimento

Justiça concedeu antecipação de tutela aos funcionários

Alunos lesados após fechamento de CFC receberão atendimento em outro estabelecimento Maiara Bersch/Agência RBS
Foto: Maiara Bersch / Agência RBS

Os cerca de 120 alunos lesados após o fechamento do Centro de Formação de Condutores (CFC) Dirija, no fim de dezembro de 2016, receberão atendimento em outro CFC, o Padre Réus.

A direção não entra em detalhes quanto à negociação que resultou na medida. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) confirma que concedeu a autorizou.

O responsável pela direção de ensino, João Guasso, relata que recebeu nesta sexta-feira a documentação relativa aos casos de alunos que tinham Carteira Nacional de Habitação (CNH) que enfrentavam processo de suspensão do direito de dirigir. Além disso, está para receber as CNHs de pessoas que concluíram as aulas no Dirija,

Pelo menos 122 alunos de CFC estão na lista de lesados em Santa Maria

– Estamos enviando torpedos para que as pessoas possam vir até aqui retirar. Como há casos muito antigos, alguns desses torpedos voltam, já que houve mudança de número. Mas basta apresentar documento de identificação para fazer a retirada – explica.

O Padre Réus fica na Rua Dr. Bozano, 792. Em fevereiro, deve mudar de endereço, passando a ter sede na Rua Cel. Niederauer, com número a ser confirmado. O telefone para contato é o (55) 3223-3003.

Processo
Funcionários e ex-funcionários fizeram um protesto em frente ao CFC Dirija, na Rua Dr. Bozano, em dezembro, exigindo a quitação de dívidas trabalhistas que o proprietário teria com eles. Teriam relação com atrasos salariais e falta de depósitos no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

O Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos de Comércio (Seaacom) entrou com uma ação coletiva contra o proprietário, e a 2ª Vara do Trabalho de Santa Maria concedeu medida cautelar parcial, o que resultou no bloqueio de bens – um veículo foi confiscado e valores do Detran que eram repassados ao proprietário foram desviados para um fundo.

Funcionários de CFC protestam por falta de pagamento em Santa Maria

Nesta sexta-feira, foi concedida pela Justiça a antecipação de tutela aos funcionários. Isso significa que os valores que entrarão no fundo vão ser destinados para eles, além de eles terem acesso aos seus FGTS e receberem baixa nas carteiras de trabalho. Ela foi concedida depois de o proprietário não ter se manifestado dentro do prazo estipulado pela Justiça

De acordo com o advogado do sindicato, Christian Hörbe, há uma audiência marcada para fevereiro.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMVocê sabe como cuidar do seu pet no inverno? Veja dicas de especialistas https://t.co/EdZSfFk15C https://t.co/MI0SwAKIzRhá 1 diaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMO que você vai almoçar neste domingo? Confira 6 opções de almoços em Santa Maria https://t.co/h765StDBXa https://t.co/gYmj2d6Kkxhá 1 diaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros