Professores da UFSM entram em greve nesta terça-feira - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Contra a PEC 5521/11/2016 | 21h03Atualizada em 22/11/2016 | 13h56

Professores da UFSM entram em greve nesta terça-feira

Docentes se juntam a técnico-administrativos e estudantes em mobilização contra projeto da União. Enquanto isso, MPF pede explicações a reitor sobre as ocupações

Professores da UFSM entram em greve nesta terça-feira Gabriel Haesbaert/Especial
Foto: Gabriel Haesbaert / Especial

A partir desta terça-feira – e até que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 55, a antiga PEC 241, seja retirada da pauta do Senado – os professores da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) estão em greve. A medida foi aprovada em assembleia realizada na última sexta-feira. 

Na tarde desta segunda-feira, o comando de greve se reuniu para definir a agenda da mobilização. Duas ações estão definidas: uma plenária com servidores e alunos, na manhã de sexta-feira, e a participação em ato em defesa da saúde, educação e previdência, na Praça Saldanha Marinho, à tarde.

Ocupações impedem realização das aulas em pelo menos 24 cursos da UFSM

Com a paralisação dos professores, o movimento contra a PEC 55 – que visa congelar investimentos em saúde e educação por 20 anos – chega às três esferas universitárias. Os técnico-administrativos estão em greve desde o dia 3, enquanto alunos ocupam 15 prédios da UFSM desde o dia 8. Em apenas um deles – o da Antiga Reitoria, tomado por alunos que não querem interrupção do ano letivo – as aulas continuam.

Alunos e docentes contrários às ocupações protocolaram ação junto ao Ministério Público Federal (MPF) pelo direito de continuar as atividades. O reitor, Paulo Burmann, recebeu um pedido de esclarecimentos do órgão na sexta-feira e terá de se manifestar hoje. Ao Diário, Burmann mostrou-se tranquilo.

PF ouviu estudantes suspeitos de fazer ameaças a integrantes de ocupações

– Estamos providenciando as informações solicitadas, tratando do assunto no âmbito da negociação, sem desdobramentos judiciais – comentou.

Em função da greve, o Sistema Integrado Municipal (SIM), consórcio que administra o transporte coletivo, vai reduzir as linhas que atendem a UFSM. Os horários podem ser conferidos no site simsm.com.br. Outras informações pelos telefones (55) 3027-9001 e 3220-8397.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @joao_lamas: Depoimentos: internos do Case de Santa Maria falam sobre as atividades de ressocialização https://t.co/xU2rTkX1gL @diariosm…há 2 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Inter-SM identifica venda de ingressos falsos na partida contra o Avenida: https://t.co/0lBZfSBUqB @diariosm https://t.co/…há 3 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros