Obras da Corsan no bairro Menino Jesus incomodam moradores - Diário de Santa Maria

Infraestrutura23/11/2016 | 08h09Atualizada em 23/11/2016 | 08h09

Obras da Corsan no bairro Menino Jesus incomodam moradores

Vizinhança reclama que reparos na tubulação começaram a ser feitos dias após o final da pavimentação nas ruas

Obras da Corsan no bairro Menino Jesus incomodam moradores Manuela Balzan/agencia rbs
Foto: Manuela Balzan / agencia rbs

As placas de sinalização pedem atenção de pedestres e motoristas. O bairro Menino Jesus, nas proximidades do Clube Recreativo Dores, está repleto de obras da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). Segundo funcionários da Podolak, empresa terceirizada que presta o serviço, há 10 dias, atuam no local 17 pessoas, com o aporte de uma minicarregadora e duas miniescavadeiras.

A obra em si não é um problema para a vizinhança, mas a falta de sintonia entre a companhia e a prefeitura. Isso porque a Corsan está abrindo buracos duas semanas depois de o município pavimentar as ruas do bairro.

– Alguns vizinhos estão brabos. Foram feitas melhorias dias atrás para, agora, nos encontrarmos na sujeira. Calçadas quebradas, buracos, falta de água, muito por fazer. Seria mais prático terem viabilizado isso antes – comenta o aposentado Valmir da Silva, 70 anos, que, junto com a mulher, Cleci, mora na Rua Machado de Assis, há 36 anos.

Associação de moradores  faz mutirões para recuperar  a "Gare de Camobi"

O morador relata que alguns vizinhos têm dificuldades em entrar e sair de casa, em função de buracos na saída das garagens. Para amenizar o problema, a empresa os cobriu com areia, enquanto pedaços de piso e pedras se amontoam junto aos portões.

Embora haja reclamações, o corretor de imóveis aposentado Rafael Bolzan, 76 anos, que vive na esquina da Travessa Paissandu com a Rua Marechal Gomes Carneiro, convive com obras em ambos os lados do portão de sua casa, mas encara a situação de forma positiva.

– Entendo a revolta dos vizinhos, mas devemos acolher a novidade pelas melhorias, pelos benefícios para nós mesmos – destaca Bolzan.

O superintendente da Corsan, José Roberto Epstein, diz que a empresa não recebeu reclamações formais, mas sinaliza que os reparos serão feitos até a finalização das obras. Quando questionado dos porquês da substituição no encanamento pós-pavimentação da prefeitura, Epstein reitera que a demanda é muito grande e que o processo de asfaltamento é mais rápido.

Confira a programação da 24ª Tertúlia Musical Nativista

– A Corsan está realizando reparos com uma tecnologia não destrutiva, ou seja, que evita danos na rua, embora as perfurações sejam feitas nas calçadas a cada 50 metros. Ao todo, serão trocados 11,4km de encanamentos no bairro Menino Jesus. Nos próximos dias, a Corsan devem concluir as operações – diz o superintendente.

Quem tiver alguma reclamação à Corsan, deve entrar em contato pelo telefone: 0800 646 6444.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMulher é assassinada na região oeste de Santa Maria https://t.co/PjnX8VoQqu https://t.co/xgnVH6iXCChá 6 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPelos trilhos, chegou o samba em Santa Maria https://t.co/sVGmCS0tNY https://t.co/ICHoOh2gYmhá 8 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros