Jovem suspeito de matar adolescente com seis tiros nesta segunda é preso - Diário de Santa Maria

54º  e 55º homicídios21/11/2016 | 20h43

Jovem suspeito de matar adolescente com seis tiros nesta segunda é preso

Jovem estava foragido e foi apontado por testemunhas como possível assassino de Rafael Strinban Júnior

Jovem suspeito de matar adolescente com seis tiros nesta segunda é preso Germano Rorato/Agencia RBS
Rafael foi morto na Vila Brenner Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

A Brigada Militar prendeu, pouco depois das 15h, um jovem de 19 anos suspeito de ser o autor do assassinato de Rafael Strinban Júnior, 17 anos, na tarde desta segunda-feira, na Vila Brenner. Os policiais localizaram o suspeito depois que vizinhos apontaram o nome do possível assassino. Ele foi preso na Rua Maximiano, no bairro Passo D'Areia, na região centro-oeste. Havia contra ele um mandado de prisão, já que estava foragido do Presídio Regional de Santa Maria desde agosto deste ano.

Adolescente é morto a tiros na Vila Brenner, em Santa Maria

O delegado Gabriel Zanella, titular da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), confirma a prisão, mas diz que ainda não há confirmação de que ele realmente é o autor do crime.

Homem é executado com tiro na cabeça em Santa Maria

Rafael foi morto com seis tiros, na cabeça, no braço e no tórax, na Rua O, que fica na Vila Brenner, no bairro Divina Providência, na região norte da cidade. O corpo dele foi encontrado caído no pátio de uma casa.

Polícia não descarta que assassinato em São Gabriel se trate de um latrocínio

Segundo a BM, o dono da casa onde o corpo do adolescente foi encontrado disse que apenas ouviu o barulho de tiros. Ao olhar pela janela, viu a vítima baleada, e um  homem, de camisa azul, bermudas, boné e cabelo comprido, loiro, correndo na direção contrária.

Tendência é que número de homicídios continue crescendo em Santa Maria

Além do assassinato de Rafael, a DPHPP investiga também a morte de Vilmar da Silva Trindade, 38 anos, morto com oito tiros na madrugada desta segunda-feira, no bairro Urlândia, na região sul da cidade. Conforme Zanella, os casos são complexos.

"Foi no calor do momento", diz suspeito de matar homem com 14 facadas em Santa Maria

– Estamos apurando as circunstâncias das duas mortes. Já fizemos diversas diligências e oitivas no sentido de identificar os autores. O da madrugada é um tanto mais complexo. Foi no início da madrugada, com poucas testemunhas. Não dá para dizer que não há outras motivações. Há essa de vinculação com o tráfico, mas não descartamos outras. O da tarde foi uma execução. Já tem um suspeito, e estamos verificando, por reconhecimento, se tem envolvimento no crime – explica o delegado.

Tráfico e vingança são as principais causas dos homicídios

Na edição do último fim de semana do Diário, especialistas na área da segurança pública já alertavam: a tendência é que o número de homicídios continue a crescer em Santa Maria. Infelizmente, essa previsão se confirmou, e o número de assassinatos neste ano já é praticamente o mesmo de todo o 2015. Isso se contar a morte de Djanir Félix da Silva, 84 anos, que está em investigação e depende de um laudo pericial para confirmar se é homicídio. Autoridades e especialistas da área de segurança enumeram diversos motivos para o crescimento dos assassinatos.

Polícia Civil prende em Porto Alegre suspeito de assassinato em Santa Maria

Para o delegado regional da Polícia Civil, Sandro Meinerz, idealizador da Delegacia de Homicídios, a vingança é um elemento que tem sido recorrente nos assassinatos deste ano. O familiar de uma vítima se vinga pela morte de um parente, ou a própria vítima de tentativa de homicídio, depois de recuperada, vai cobrar a conta do autor.

Seguranças de empresa são presos por suspeita de assassinato em Santa Maria

– Nem só a elucidação e as prisões são fenômenos que diminuem a violência letal. Tínhamos o tráfico de drogas como o grande vilão das estatísticas. Não deixou de ser, mas, neste ano, o que tem sido decisivo e um fator crucial para esse aumento é a vingança – reforça Meinerz.

Jovem é morta com 14 tiros na frente dos filhos em Santa Maria

Além disso, a vinda de facções criminosas para a cidade também potencializou a disputa por pontos de tráfico de drogas. Membros do grupo Bala na Cara foram responsabilizados por uma morte neste ano e são investigados por pelo menos outras duas, ocorridas no Beco da Tela, onde a Polícia Civil impediu o plano da facção de tomar o local.

Enteado mata padrasto com golpe de faca em Santa Maria 

– Percebemos um certo esforço de facções no sentido de capitalizar a força no interior do Estado. Eles não estão ficando apenas na Região Metropolitana. É uma realidade infeliz e que cabe às polícias combaterem – destaca o delegado Gabriel Zanella, titular da Delegacia de Homicídios.

Vilmar da Silva Trindade Foto: Reprodução / Reprodução
Rafael Strinban Júnior Foto: Facebook / Reprodução


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMQuanto custa o sorvete na área central de Santa Maria https://t.co/Xfpfj2nX6p https://t.co/ccrGap9fsehá 8 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPor que está difícil encontrar o suspeito de cometer chacina em Pinhal Grande https://t.co/Wz6zXMAcC2 https://t.co/0uBCRnNHkyhá 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros