Bebê que teria morrido por maus-tratos teve o pescoço quebrado e mãe é a suspeita - Diário de Santa Maria

56º homicídio22/11/2016 | 16h12Atualizada em 22/11/2016 | 19h45

Bebê que teria morrido por maus-tratos teve o pescoço quebrado e mãe é a suspeita

Mulher chegou a levar o bebê de 28 dias para atendimento médico, mas ele já estava sem vida. Com isso Santa Maria chega a 56º assassinato, o mesmo número de todo 2015

Um caso que já havia causado perplexidade, principalmente entre os profissionais de saúde que nele se envolveram, revela-se cada vez mais chocante. A mulher, de 33 anos, é suspeita de ter quebrado o pescoço do filho, um bebê de um mês e 28 dias.

Mãe é presa por suspeita da morte de bebê em Santa Maria

O caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil no dia 11 de outubro, quando ela levou a criança até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA). Ao chegar, porém, o bebê já estava morto. Os médicos constataram que a criança apresentava sinais de desnutrição e desidratação, e a mulher foi presa em flagrante por maus-tratos seguido de morte.

Mãe de bebê que morreu em Santa Maria disse que não percebeu desnutrição

Porém, durante a investigação feita pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), o laudo do Instituto-Geral de Perícias confirmou que a criança teve o pescoço quebrado, provavelmente pela mãe.

Mãe de bebê que morreu por desnutrição em Santa Maria será indiciada

– Logo que veio o resultado do exame necroscópico, ficou confirmado que aquela mãe, mediante dolo, acabou matando o bebê. Segundo esse exame, a criança teve trauma cervical por ação direta sobre o pescoço, que levou a fratura e à asfixia. Ou seja, de alguma forma essa mãe ou apertou ou torceu o pescoço do bebê – explica a delegada Luiza Sousa, que comandou a investigação.

Jovem suspeito de matar adolescente com seis tiros nesta segunda é preso

De acordo com a delegada, a conclusão do inquérito foi mantida em sigilo desde o final de outubro, já que ela esperava também o resultado do pedido de prisão preventiva da suspeita, negado esta semana. Ela havia sido solta 12 horas depois de ter sido preso, ainda no dia 11 do mês passado. O caso, inicialmente, era tratado como maus-tratos seguido de morte, mas a mulher foi indiciada por homicídio qualificado por asfixia e também por maus-tratos.

Tendência é que número de homicídios continue crescendo em Santa Maria

Com a confirmação de que o bebê foi assassinado, esse é mais um homicídio em Santa Maria, chegando a 56, o mesmo registrado em todo 2015. Os nomes do bebê e da mãe não foram divulgados.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSuspeito de integrar movimento neonazista é preso em Cruz Alta https://t.co/HlPiwvvtk9 https://t.co/EtWLEXWtgEhá 13 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEstudantes começam a desocupar prédios da UFSM https://t.co/fHTMnU4nv0 https://t.co/uC8MlLQBGhhá 13 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros