Aterramento de sanga causa inundação de esgoto em Camobi - Diário de Santa Maria

Infraestruro11/11/2016 | 09h03Atualizada em 11/11/2016 | 09h03

Aterramento de sanga causa inundação de esgoto em Camobi

Sujeira atrai insetos e roedores. Moradores pedem ajuda à prefeitura

Aterramento de sanga causa inundação de esgoto em Camobi /Agencia RBS
Foto: Agencia RBS

Uma obra feita em um terreno particular está gerando desconforto para várias famílias no bairro Camobi. Uma sanga, na qual escoava a água de terrenos da Rua Padre João Bosco Penido Burnier, foi aterrada no último dia 4. Desde então, o esgoto residencial está desembocando no meio de ruas, pátios e garagens na via paralela, a Rua Liberato Salzano Vieira da Cunha. Segundo relatos dos moradores, o esgoto tomou até o fosso do elevador de um prédio.

De acordo com a assistente comercial Ruandria de Rosso, 24 anos, que reside no local há seis, a situação é desesperadora.

– Estamos ilhados. Não há como sair de casa sem ser de carro porque não dá para passar a pé. O risco de contaminação por bactérias é muito alto – diz.

Ruandria também relata que animais como ratos e baratas passaram a surgir em frente às casas. Receosa, ela não abre as janelas e evita colocar as roupas no varal há uma semana. 

Estado assinará contrato de R$ 153 milhões para recuperar rodovias na região de Santa Maria

Ênio Bortoluzzi, 64 anos, morador da Rua Padre João Bosco Penido Burnier há 20 anos, diz que a vizinhança buscou a Secretaria de Obras, Infraestrutura e Serviços), a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e a Delegacia Ambiental. Segundo ele, no dia 9, equipes da prefeitura e do Batalhão Ambiental estiveram lá, mas nada foi feito.

O secretário Tubias Calil disse ter conhecimento do caso, mas que, por se tratar de um terreno privado, não tem como intervir.

– A demanda será encaminhada para entidades de fiscalização ambiental – diz.

Tubias pondera que os moradores devam entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e buscar entendimento com os donos do terreno. O Diário tentou contato com o 2ª Batalhão Ambiental, com a Fepam e com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, mas não obteve retorno. Os proprietários do terreno não foram encontrados pela reportagem.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMulher é assassinada na região oeste de Santa Maria https://t.co/PjnX8VoQqu https://t.co/xgnVH6iXCChá 5 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPelos trilhos, chegou o samba em Santa Maria https://t.co/sVGmCS0tNY https://t.co/ICHoOh2gYmhá 8 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros