Ambulatório do Husm atende a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual - Diário de Santa Maria

Rede de apoio24/11/2016 | 20h56Atualizada em 24/11/2016 | 20h56

Ambulatório do Husm atende a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual

Atendimento especializado visa reduzir tempo de espera e traumas

O Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) conta agora com um ambulatório especializado para atendimento de crianças e adolescentes vítimas de abuso ou violência sexual. Na prática, a unidade está em operação há três meses, para agir em ocorrências nas quais conselheiros tutelares e outros agentes especializados suspeitem que o crime tenha ocorrido a mais de 72 horas ou de forma recorrente.

– A gente precisava fazer com que essas crianças viessem para o ambulatório, mas sem esperar em filas, como normalmente se espera para o atendimento de alguma especialidade – explica a enfermeira Vergínia Rossato, chefe do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do Husm e coordenadora da Equipe de Matriciamento.

UFSM e reitor viram réus em processo que pede desocupação dos prédios

Vergínia esclarece que, em caso de crime recente, a porta de entrada da vítima será o Pronto-Socorro do Husm. Se não, o Conselho Tutelar notifica a Secretaria Municipal de Saúde que agilizará o encaminhamento para o ambulatório. A criança ou adolescente vítimas terão acompanhamento multidisciplinar – com médica infecto-pediátrica, uma assistente social, uma psicóloga e uma enfermeira – por seis meses. Ao receber alta, município e Conselho serão notificados para continuar acompanhando o caso.

O fluxo de atendimento foi definido na última terça-feira, em reunião entre a Equipe de Matriciamento, a Residência Multiprofissional, os Conselhos Tutelares Centro e Leste, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) e Promotoria de Infância e Juventude. No futuro, o serviço deve ser estendido para outros municípios da região.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMQuanto custa o sorvete na área central de Santa Maria https://t.co/Xfpfj2nX6p https://t.co/ccrGap9fsehá 5 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPor que está difícil encontrar o suspeito de cometer chacina em Pinhal Grande https://t.co/Wz6zXMAcC2 https://t.co/0uBCRnNHkyhá 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros