Aluno da Escola de Cadetes do Exército morre por infecção generalizada - Diário de Santa Maria

Morte18/11/2016 | 20h00Atualizada em 18/11/2016 | 20h00

Aluno da Escola de Cadetes do Exército morre por infecção generalizada

Militar será sepultado neste sábado em Rosário do Sul

Eduardo Gonçalves Oliveira, 17 anos, será sepultado neste sábado em Rosário do Sul. Ele cursava a Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCex), em Campinas (São Paulo), e morreu na última quarta-feira, às 23h50min, devido a uma infecção generalizada causada por uma bactéria.

Em 10 horas, BM detém 11 suspeitos de crimes em Santa Maria

Eduardo estava internado no Hospital Madre Theodora, desde o dia 10. Em 5 de novembro, ele foi encaminhado para o hospital com suspeita de pneumonia, e tinha sintomas de febre maculosa – doença infecciosa transmitida por carrapatos. 

Estudantes fazem campanha para arrecadar presentes de Natal a idosos de asilo de São Sepé

O adolescente procurou atendimento médico mais duas vezes, antes de ser internado, com falta de ar. Na quinta-feira, a EsPCex emitiu uma nota sobre a morte do aluno desmentindo a versão de febre maculosa. 

Adolescente é internado no Case por suspeita de roubos em Santiago

O texto diz que "o diagnóstico final do corpo médico do Hospital Madre Theodora, acompanhado pela equipe médica do Hospital Militar de Área de São Paulo (HMASP), definiu ser uma infecção generalizada causada pela bactéria estafilococos." 

Nova resolução técnica multiplica valor de taxas para PPCIs 

A principal forma de transmissão, nesse caso, é a ingestão de água ou alimentos contaminados. A nota diz ainda que o Exército está apoiando a família e tomando todas as medidas necessárias. Sobre a suspeita de que o adolescente tivesse sido infectado durante atividades militares em uma mata, e de que outros militares também estariam com a mesma doença, a nota esclarece: 

"O Comando da EsPCex, apoiado no diagnóstico dos médicos e da análise dos infectologistas, que não há conexão entre o fato do aluno falecido com os outros seis alunos recentemente internados e ratifica que não é caso de febre maculosa e que não estavam retornando de acampamento. A última atividade de campo Escola foi na semana entre os dias 17 e 21 de outubro, em área descontaminada, frequentemente utilizada pelas organizações militares de Campinas nas atividades de instrução. Os alunos que passaram mal no dia 15 de novembro já foram atendidos e medicados. O diagnóstico que eles receberam foi de amigdalite e foram internados para observação por precaução médica."

Os pais de Eduardo são naturais de Rosário do Sul, onde o adolescente será sepultado. Porém, Eduardo nasceu em Roraima. A família morou um tempo em Bagé e, depois, fixou residência em Santa Maria, onde o pai do adolescente, Adelar Oliveira de Oliveira, atua como tenente no setor administrativo do comando da 3ª Divisão de Exército (3ª DE), e onde Eduardo fez o Ensino Médio no Colégio Militar.

– Ele sempre quis ser militar. Era o sonho dele ir para a Academia das Agulhas Negras – disse a irmã Vitória Gonçalves Oliveira, 22. O adolescente será sepultado às 9h deste sábado, no Cemitério São Sebastião, em Rosário do Sul.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMulher é assassinada na região oeste de Santa Maria https://t.co/PjnX8VoQqu https://t.co/xgnVH6iXCChá 6 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPelos trilhos, chegou o samba em Santa Maria https://t.co/sVGmCS0tNY https://t.co/ICHoOh2gYmhá 8 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros