Quadrilha especializada em furtos de agrotóxicos é presa em Cacequi - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Região18/10/2016 | 20h50Atualizada em 18/10/2016 | 20h50

Quadrilha especializada em furtos de agrotóxicos é presa em Cacequi

Polícia Civil suspeita que, em um só roubo, prejuízo à vítima foi de R$ 350 mil

Quadrilha especializada em furtos de agrotóxicos é presa em Cacequi Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

Uma operação coordenada pela Polícia Civil de Santiago prendeu, nesta terça-feira, três homens suspeitos de formarem uma quadrilha especializada em furto de agrotóxicos em todo o Estado. Pelo menos três furtos foram identificados tendo como suspeitos Fernanda Lemos Cardoso, Evandro dos Santos Silveira e Paulo Sérgio Baptista e Silva. Eles foram presos em Cacequi, onde moram, mas conduzidos ao Presídio Estadual de Santiago.

BM propõe força-tarefa com outros órgãos para terminar com bailes funk ilegais em Santa Maria

A investigação começou em agosto deste ano, após o furto de aproximadamente R$ 350 mil em agrotóxicos da Agrofel, de Capão do Cipó. Como naquela cidade não há delegacia, a investigação ficou a cargo da delegacia de Santiago. O trio também é suspeito de furtos dos mesmos produtos em Bossoroca, em maio, e em Toropi, em março. A suspeita da delegada Débora Poltosi é que o trio repassava os agrotóxicos a um receptador.

Suspeita é que jovem morto em baile funk ilegal em Santa Maria foi assassinado por rixa

– Começamos a investigá-los a partir do caso de Capão do Cipó e, no curso da investigação, percebemos que se tratavam dos mesmos. E conseguimos comprovar a participação deles nesses outros dois fatos (Bossoroca e Toropi). Eles vinham atuando em várias regiões do Estado. Possivelmente, eles repassavam esse produtos para um ou mais produtores que tenham restrição de crédito no mercado, e não conseguiam adquirir esses produtos de forma lícita – explica a delegada.

PF investiga venda de dinheiro falso em perfil de rede social de Santa Maria

O trio deve ser indiciado por furto qualificado e associação criminosa. As prisões são preventivas, sem tempo determinado.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMQuase 2 anos após licitação, por que a BR-392 continua sem obra de duplicação em Santa Maria:… https://t.co/stbTg0fh24há 2 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMNova semente de arroz elimina o uso de fungicida: https://t.co/t3x2VGkE8c https://t.co/DlBhb9YGDQhá 2 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros