Polícia Civil faz a maior apreensão de maconha do ano na Região Central - Diário de Santa Maria

Investigação03/10/2016 | 10h54Atualizada em 03/10/2016 | 14h07

Polícia Civil faz a maior apreensão de maconha do ano na Região Central

Quadrilha de traficantes foi presa durante a Operação Apóstolo

Polícia Civil faz a maior apreensão de maconha do ano na Região Central Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) fez, em Santa Maria, pela Polícia Civil, a maior apreensão de maconha do ano na região central do Estado. Uma quadrilha de traficantes foi desarticulada durante a Operação Apóstolo, realizada no último sábado.

Suspeito de assassinar taxista durante assalto é preso em Santa Maria

Conforme o delegado Sandro Meinerz, titular da Defrec, as prisões ocorreram em duas residências na Rua Arlindo Pegoraro, no bairro Urlândia, na região sul da cidade. Os policiais encontraram 33 kg de maconha no porta-malas de um Logus estacionado entre as duas casas. Dentro das residências, foram presos por tráfico de drogas Jean Carlo Penna Trindade, 37 anos, e José Valdeci Crespão Gomes, 41. Eles não reagiram à abordagem e foram levados para a Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm) após o registro na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA). Segundo o delegado Meinerz, até o momento, os suspeitos não haviam apresentado advogado. Foram apreendidos facões, celulares e balanças.

Jovem suspeito de furtar nove motocicletas em Restinga Seca é preso

Os policiais ainda localizaram 2,5 kg de maconha dentro de uma oficina que fica perto das duas residências. Na casa da mãe de Gomes, na Vila Tomazetti, no bairro Tomazetti, foi localizado mais 1 kg de maconha, totalizando 36,5 kg.

O delegado Meinerz conta que a investigação começou em junho deste ano. Devido a informações que recebeu recentemente – ele não entra em detalhes –, foi planejada a ação do sábado. Ele e mais cinco policiais montaram campana perto das casas por volta das 9h30min, ou seja, foram pelo menos três horas de monitoramento, além dos quatro meses de investigação, até que as prisões fossem possíveis.

Jovem é preso após ser flagrado com celular furtado no sapato em Santa Maria

A Polícia Civil continua fazendo buscas a suspeitos de integrar a suposta quadrilha.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSuspeito de integrar movimento neonazista é preso em Cruz Alta https://t.co/HlPiwvvtk9 https://t.co/EtWLEXWtgEhá 11 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEstudantes começam a desocupar prédios da UFSM https://t.co/fHTMnU4nv0 https://t.co/uC8MlLQBGhhá 11 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros