Movimento no shopping é intenso, mas pais reclamam da falta de atividades ao ar livre em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Dia da Criança12/10/2016 | 17h07Atualizada em 12/10/2016 | 17h15

Movimento no shopping é intenso, mas pais reclamam da falta de atividades ao ar livre em Santa Maria

A maioria das pessoas que procurou as lojas na tarde desta quarta deixaram para comprar os presentes dos pequenos na última hora

Movimento no shopping é intenso, mas pais reclamam da falta de atividades ao ar livre em Santa Maria Jean Pimentel/Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS
Pâmela Rubin Matge
Pâmela Rubin Matge

pamela.matge@diariosm.com.br

Quem reservou o feriado do Dia da Criança para aproveitar na companhia dos pequenos em Santa Maria, se deparou com um contraste. No interior das lojas de produtos voltados ao público infantil, grande movimentação, já nas praças e áreas ao ar livre da cidade, carência de programação.

VÍDEO: no Dia das Crianças, os pequenos revelam o que pensam sobre universo da política

A diferença de movimento  no comércio também pôde ser notada entre o Calçadão, com a maioria das lojas fechadas, salvo duas especializadas em brinquedos, e o intenso entra e sai de pessoas nas lojas do Royal Plaza Shopping.

O pedreiro Kelver Fernandes, 43 anos, pai de Lorenzo Viana Fernandes, 4 anos conta que tinha compromissos, mas cancelou todos para passear com  o filho. Além do presente, eles esperava encontrar opções de lazer que não fossem lojas e ambientes fechados.

20 dicas de presentes para os Dia das Crianças que custam até R$ 30

–  Procuramos algum show para a gurizada, passamos nas praças para ver se encontrávamos pula-pula, mas nada. O jeito foi comprar o que ele queria (uma máscara de super-herói) e aproveitar, já que, para mim, todo o dia é Dia da Criança, procuro aproveitar o máximo ao lado dele - relatou Fernandes que acompanhava o filho no Calçadão.

Mais longe do local, dentro de uma loja de brinquedo, a educadora física, Lidiane Witte, 36 anos, esperava que a filha escolhesse o seu presente. Thayla Witter, de 5 anos, quis levar para casa uma caixa registradora:

– O bom é que ela escolha no dia, né? Pode ser que eu levasse e ela não gostasse.

Quem deixou para a última hora também foram os amigos, Tatiele Moreira, 32 anos e o vendedor Maico Brasil, 30 anos. Ele procurava um presentinho extra para filha Maria Antônia Brasil, ela, para o pequeno João Paulo Saccol Brasil, 5 anos, que esbanjava sorrisos com um brinquedo do Batman.

– Durante a semana eu trabalho e não sobrou tempo – confessa a administradora.








 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: A bordo de Fusca tricolor, gremistas de Santa Maria vão à final da Copa do Brasil: https://t.co/1t5ntOhvEp @diariosm https…há 9 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMAdolescente é responsabilizada por participação em latrocínio de jovem em Santa Maria https://t.co/vdeCBqq4bX https://t.co/gsBNqEQ6VQhá 12 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros