Instituições terão que indenizar pais de menina que nasceu em estado vegetativo - Diário de Santa Maria

Versão mobile

Decisão judicial15/10/2016 | 12h46Atualizada em 15/10/2016 | 13h06

Instituições terão que indenizar pais de menina que nasceu em estado vegetativo

Segundo a Justiça, houve demora durante a realização do parto 

O Tribunal Regional Federal (TRF4) manteve a condenação da União, do Hospital Universitário de Santa Maria e do município de Agudo, que terão de indenizar os pais de uma menina que nasceu em estado vegetativo devido à demora na realização do parto.

Casa é destruída durante incêndio em Santa Maria

Os órgãos públicos foram considerados culpados por negligência no atendimento da gestante e do bebê – durante o parto, a criança acabou tendo sequelas irreversíveis e morreu aos 6 anos.

Disputa em segundo turno já envolve 11 partidos na corrida à prefeitura de Santa Maria  

Com isso, os órgãos públicos terão de pagar R$ 300 mil de indenização aos pais por danos morais. O caso ocorreu em julho de 2003, quando a grávida foi levada para a Associação Hospital Agudo em trabalho de parto. Segundo o TRF4, só oito horas depois, ela foi transferida ao Husm devido à falta de médico pediatra em Agudo. No Husm, ela ficou mais duas horas em observação até ir à sala de parto.

Cronistas do Diário: "Caríssimo Paulo", por Tatiana Py Dutra


Quando a menina nasceu, foi diagnosticada com paralisia cerebral crônica e irreversível devido à falta de oxigenação no cérebro. As sequelas neurológicas deixaram a criança em estado vegetativo. Ela faleceu seis anos depois.

A família entrou com a ação porque, segundo os pais, os dois hospitais estariam cientes das complicações na gestação e, mesmo assim, não encaminharam a gestante para fazer cesariana.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMQuase 2 anos após licitação, por que a BR-392 continua sem obra de duplicação em Santa Maria:… https://t.co/stbTg0fh24há 2 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMNova semente de arroz elimina o uso de fungicida: https://t.co/t3x2VGkE8c https://t.co/DlBhb9YGDQhá 2 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros