Homem que revendia alimentos impróprios para consumo é preso em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Operação Consumo Seguro14/10/2016 | 19h38Atualizada em 14/10/2016 | 19h38

Homem que revendia alimentos impróprios para consumo é preso em Santa Maria

Estabelecimento já havia sido interditado, e proprietário foi preso outra vez neste ano

Homem que revendia alimentos impróprios para consumo é preso em Santa Maria Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

O Grupo de Combate ao Abigeato e Carne Clandestina de Santa Maria, que envolve a Polícia Civil, a Patrulha Rural da Brigada Militar, a Vigilância Sanitária, o Serviço de Inspeção Municipal e a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, apreendeu mais de 3,5 toneladas de alimentos impróprios para consumo no mercado Dali Alimentos, que fica na Rua Duque de Caxias. O proprietário do local, Gilmar Lírio Chielle, foi preso em flagrante por crime contra as relações de consumo. Ele já havia sido preso neste ano pelo mesmo fato.

Polícia Civil apreende carne e prende dois homens em Cacequi

De acordo com o delegado regional da Polícia Civil, Sandro Meinerz, que coordenou a operação, pela quantidade de alimentos, a suspeita é de que Chielle recolhia ou comprava os alimentos vencidos de outros estabelecimentos e reembalava para a venda.

Homem cai do segundo andar de shopping no centro de Santa Maria

– Essa é a principal linha de investigação. Neste ano mesmo, o empresário já havia sido preso pelo mesmo fato. Eles acham que não têm consequência. É um desrespeito com o consumidor. Eles não estão nem aí para a saúde da população, o interesse deles é ganhar dinheiro – desabafa o delegado Meinerz.

Mulher que disse ter sido estuprada em Santa Maria afirma que abuso não se consumou

Os produtos como queijos, linguiças, mortadela, empanados, miúdos de frango e lácteos foram apreendidos tanto no mercado quanto na casa do empresário.

Idoso fica ferido ao tentar abusar sexualmente da nora em Santiago

Chielle foi conduzido à Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm). O advogado dele, André Valério Pinto Torres, preferiu não se manifestar no momento. No entanto, ele adianta que já fez um pedido de liberdade provisória para o seu cliente. Os alimentos devem ser descartados por uma empresa especializada.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSuspeito de integrar movimento neonazista é preso em Cruz Alta https://t.co/HlPiwvvtk9 https://t.co/EtWLEXWtgEhá 11 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEstudantes começam a desocupar prédios da UFSM https://t.co/fHTMnU4nv0 https://t.co/uC8MlLQBGhhá 11 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros