Bombeiro faz parto dentro de viatura em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Vida03/10/2016 | 09h40Atualizada em 03/10/2016 | 09h44

Bombeiro faz parto dentro de viatura em Santa Maria

O plano dos militares era levar a gestante até a ambulância do Samu, mas o bebê chegou mais rápido

Bombeiro faz parto dentro de viatura em Santa Maria Corpo de Bombeiros/Divulgação
Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação
Diário de Santa Maria
Diário de Santa Maria

O nascimento de uma criança é sempre repleto de emoção, mas a chegada do sétimo filho da dona de casa Josiele Flores, 26 anos, foi além. Apressado, o pequeno nasceu dentro de uma viatura do Corpo de Bombeiros, perto da passarela da Vila Urlândia, na tarde de sábado.

Jovem surdo de Santa Maria vende sanduíches para arrecadar dinheiro para cirurgia de implante coclear

Os bombeiros foram acionados por volta das 12h45min. Vizinhas de Josiele pediram socorro à corporação porque a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estava demorando, e o trabalho de parto estava muito adiantado. Como o carro de resgate está no conserto, um carro administrativo dos bombeiros foi enviado para o Alto da Boa Vista, com a missão de levar a gestante até a ambulância.

Uma vida de cuidados: RS lidera ranking de diagnóstico de fibrose cística

– Enquanto eles se deslocavam, eu fiquei conversando com as vizinhas que estavam na cena, por telefone, passando orientações para elas, até que a viatura chegasse. Elas foram me contando o que estava acontecendo, e eu passava pelos colegas via rádio até que eles chegassem e assumissem – conta o sargento Dilmar Lopes, telefonista da corporação.

Pet sitter facilita a vida de quem tem animais de estimação 

Ao chegar na casa de Josiele, o sargento Airton Camargo, que é técnico em enfermagem, foi avisado que a cabeça da criança já estava visível. Mais do que rápido, eles removeram a mamãe para o carro, levando-a para o ponto de encontro marcado com o Samu.

– Quando chegamos perto da passarela da Urlândia, estacionamos para esperar a ambulância, e a moça falou que não conseguiria aguentar mais. Abri a porta do carro e me posicionei para receber a criança. Ela coroou (a cabeça apareceu), fizemos todos os procedimentos, colocamos em cima do braço para ela chorar. Quando ele respirou, limpamos a secreção, e mantivemos ele aquecida até a chegada do Samu, o que demorou uns cinco minutos – conta Camargo.

Foi o 14º parto realizado por Camargo desde que se tornou bombeiro – o que não significa que a emoção foi menor.

– Nos deparamos com muitas ocorrências, normalmente tragédias e perdas. A vinda de uma vida é gratificante. E dessa vez foi especial. Eu vou ser pai, minha esposa também está esperando um menino para dezembro. Aí, foi uma mescla de emoções. A gente fica calejado depois de tantos anos de serviço, mas hoje bateu forte a emoção – comenta.

Mamãe e bebê foram levados para o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), de onde devem ter alta nesta segunda-feira.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: A bordo de Fusca tricolor, gremistas de Santa Maria vão à final da Copa do Brasil: https://t.co/1t5ntOhvEp @diariosm https…há 9 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMAdolescente é responsabilizada por participação em latrocínio de jovem em Santa Maria https://t.co/vdeCBqq4bX https://t.co/gsBNqEQ6VQhá 12 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros