Balada das Assistidas reuniu cerca de 90 vovôs e vovós de três asilos de Santa Maria - Diário de Santa Maria

Os vovôs saíram para dançar17/10/2016 | 20h34

Balada das Assistidas reuniu cerca de 90 vovôs e vovós de três asilos de Santa Maria

Cerca de 90 idosos do Lar das Vovozinhas, Asilo Vila Itagiba e Abrigo Espírita Oscar José Pithan se reuniram no Kasarão on Stage nesta segunda-feira

Balada das Assistidas reuniu cerca de 90 vovôs e vovós de três asilos de Santa Maria Maiara Bersch/Agencia RBS
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

(Re)viver a juventude, recordar os tempos da brilhantina e fazer novos amigos. Assim foi a comemoração de 70 anos do Lar das Vovozinhas, no Kasarão On Stage, nesta segunda-feira. O encontro reuniu senhores e senhoras de três instituições de Santa Maria: Abrigo Espírita Oscar José Pithan e Asilo Vila Itagiba, além das anfitriãs da festa.

Uma das organizadoras da festa, Julia Abelin, contou que cerca de 90 vovôs e vovós participaram da iniciativa, que chegou à 3ª edição. 

– Esse evento busca proporcionar a elas uma atividade lúdica, diferente, que visa resgatar a autoestima e os movimentos de socialização com um público de fora da casa – comenta Júlia.

A funcionária diz que as senhoras estavam ¿ansiosas para sair e fazer festa¿. E, no Asilo Vila Itagiba, não foi diferente. Segundo a coordenadora da entidade, Sirlei Maraia, os idosos ficaram entusiasmados, pois o asilo nunca havia feito iniciativas de confraternização fora da casa.

– Quando comentamos sobre o convite, todos, prontamente ,quiseram vir. Hoje, eles nos cobram dos porquês não terem mais segundas-feiras como esta – brinca a irmã.

Escolas de Santa Maria suspendem as aulas por causa da chuva

Carlos Ben-Hur Lopes, 73 anos, morador do Vila Itagiba, aproveitou a oportunidade para dançar com os amigos no ritmo da dupla Dé e Thiago, que cantaram ao vivo sucessos do sertanejo e clássicas vaneiras.

– Foi muito bom. Me fez lembrar dos tempos de guri – disse.

A Balada das Assistidas despertou sorrisos e fez corações pulsarem mais forte pelas paqueras. Essa emoção foi sentida por Maria Ribas, 80 anos. Viúva há mais de 10 anos, há 20 não ¿sabia o que era sair para baile¿. Quando perguntada sobre o que iria contar para a colega de quarto e amiga Celita Ritzel, 93, que não pôde comparecer à festa, levemente constrangida, respondeu: 

– Vou falar que conversei com um homem bonito. Fiquei surpresa quando aquele senhor veio conversar, no meio da música, fiquei até nervosa.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSuspeito de integrar movimento neonazista é preso em Cruz Alta https://t.co/HlPiwvvtk9 https://t.co/EtWLEXWtgEhá 7 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEstudantes começam a desocupar prédios da UFSM https://t.co/fHTMnU4nv0 https://t.co/uC8MlLQBGhhá 7 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros