Seis veículos têm pneus estourados em crateras na BR-287, em São Pedro do Sul - Diário de Santa Maria

Rodovias esburacadas07/09/2016 | 20h46Atualizada em 07/09/2016 | 20h46

Seis veículos têm pneus estourados em crateras na BR-287, em São Pedro do Sul

Dnit diz que não era possível tapar buracos devido à chuva e retomou o trabalho nesta quarta, em pleno feriado

Seis veículos têm pneus estourados em crateras na BR-287, em São Pedro do Sul Fotos Maiara Bersch, Arli Brandolt e Eder Avila (arquivo pessoal) / Diário de Santa Maria/Diário de Santa Maria
Carros e até guincho tiveram rodas quebradas (fotos superiores) em cratera na rodovia. Dnit retomou obras nesta quarta Foto: Fotos Maiara Bersch, Arli Brandolt e Eder Avila (arquivo pessoal) / Diário de Santa Maria / Diário de Santa Maria

Pelo menos seis veículos tiveram os pneus e as rodas danificados ao caírem em uma cratera de quase um metro, na BR-287, sete quilômetros após São Pedro do Sul, em direção a São Vicente do Sul, no início da noite de terça-feira. O auxiliar administrativo Eder Avila, 38 anos, calcula um prejuízo de R$ 2,5 mil com as duas rodas de liga leve quebradas e os pneus estourados.

– Depois de mim, só escutava o "pá" da batida dos outros carros no mesmo buraco e o barulho dos pneus murchando. Graças a Deus todo mundo conseguiu controlar o veículo e não bater, pois já vinham reduzido devido aos buracos que tinha antes. E porque tinha pessoas e até crianças no acostamento – conta Eder, que conseguiu duas outras rodas, suspendeu a viagem para Santiago e voltou a Santa Maria.

Marido é preso suspeito de envolvimento no sumiço da própria mulher

Até um guincho de Alegrete, que passava pelo local, acabou tendo uma roda danificada. Ele também teve de parar e acabou ajudando no socorro dos outros veículos.Já o professor Cristiano Campos, 30 anos, estima um prejuízo de mais de R$ 600 com duas rodas danificadas:

– É absurdo. Na hora, ficamos bastante assustados, pois estávamos sozinhos no meio do nada, na escuridão total.

Campos diz que os motoristas se uniram e pretendem entrar na Justiça contra a União para pedir a reparação dos danos.

Taxista reage a assalto em Santa Maria e foge de bandido

O Dnit afirmou que a empresa contratada para a manutenção da rodovia não pôde fazer as obras de tapa-buracos nos últimos dias devido às chuvas constantes, o que agravou o problema. Mas nesta quarta-feira mesmo, em pleno feriado, duas equipes da Cotrel estavam trabalhando na rodovia. 

Perto de São Pedro do Sul, havia obra de tapa-buracos, que deve ser concluída até o final de semana em todo o trecho, entre Santa Maria e São Vicente do Sul. Outra equipe estava perto da Ulbra fazendo o trabalho de fresagem (retirada de asfalto com problema) para a colocação de nova camada de asfalto, o que deve evitar a abertura de novos buracos. Nesse período de chuvas, as queixas se repetem em outras rodovias federais e estaduais.

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM"Eu acordei com uma ligação, e disseram que meu filho estava morto", diz pai de taxista https://t.co/6Y3vjZRVZ3 https://t.co/ZDFROJLMYFhá 17 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSanta Maria ganhará novo cursinho pré-vestibular https://t.co/FjzfzfdOin https://t.co/8RU8TyJudehá 20 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros