Santa Maria abraça Setembro Amarelo, pela promoção da vida e prevenção do suicídio - Diário de Santa Maria

Pela vida10/09/2016 | 20h33Atualizada em 10/09/2016 | 20h33

Santa Maria abraça Setembro Amarelo, pela promoção da vida e prevenção do suicídio

Atividade abordou o tema e disponibilizou  serviços, bate-papo e música para quem passou pela Praça Saldanha Marinho

Santa Maria abraça Setembro Amarelo, pela promoção da vida e prevenção do suicídio Jean Pimentel/Agencia RBS
Mais de 50 voluntários conversaram e levaram informações sobre a promoção da vida e a prevenção do suicídio para quem passou pela Praça Saldanha Marinho neste sábado Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Sol, música, chimarrão, pessoas doando sorrisos, atenção e, principalmente, informação e esclarecimentos sobre a prevenção  do suicídio. Assim foi a atividade que celebrou o Dia Mundial de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio em Santa Maria. Das 10h às 18h deste sábado, a Praça Saldanha Marinho foi o palco de uma grande corrente de incentivo à vida, promovida pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), com parceria de outros serviços como do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), do Núcleo de Vigilância em Saúde da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Saúde. 

O objetivo do evento, de acordo com Luciano Benitez e Jorge Brandão, voluntários do CVV, foi levar o assunto até as pessoas, tirar dúvidas, romper preconceitos que cercam o tema e, também, divulgar os serviços do CVV, que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo pelo telefone (em Santa Maria o número é o 188), email, chat e Skype 24 horas todos os dias (www.cvv.org.br) e dos seus parceiros. 

– Nosso trabalho de escuta não faz sentido se as pessoas não o conhecerem, não souberem que ele existe e não tiverem acesso. O evento já é um sucesso e superou nossas expectativas só por reunir tantos voluntários e serviços em prol deste tema e por apresenta-lo a diferentes pessoas – afirma Brandão, um dos fundadores do CVV em Santa Maria. 

Banda Pegada Torta foi uma das atrações da tarde deste sábado Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

O evento deste sábado,fez parte do cronograma de atividades do Setembro Amarelo, mês da campanha de prevenção ao suicídio, e contou com mais de 50 voluntários. Durante o dia, eles distribuíram mais de dois mil panfletos informativos, conversaram com o público a respeito de temas relacionados à promoção da vida e prevenção do suicídio. 

A ação também contou com serviços de saúde com alunos da Faculdade Integrada de Santa Maria (Fisma) e do Centro Universitário Franciscano, intervenção de uma trupe de clowns, além de shows musicais com as bandas Rocksane, Geringonça, Louis&Anas, Pegada Torta e Pylla e C14. 

– Nunca imaginei que uma atividade sobre suicídio seria assim tão animada – surpreendeu-se a dona de casa Luciane Amaral, 27 anos, que passava pelo local com os filhos e acabou recebendo informações sobre o tema. Ela conta que tem amigos e parentes que já demonstraram sofrer do transtorno e que sempre procurou conversar e dedicar atenção a eles, apesar de se sentir insegura com a situação. A partir de agora, depois de conhecer o trabalho do CVV, ela vai orientar que as pessoas liguem para o 188.

– A melhor forma de prevenção ao suicídio é promover a vida. Por isso o evento é pra cima, com música, na praça e cheio de pessoas conversando – explica Luciano que conta, ainda, que um dos objetivos do CVV é, cada vez mais, participar de atividades fora do posto de atendimento (que funciona 24h).
A expectativa dos organizadores é que o evento seja anual e, a cada ano, se aprimore e receba mais apoiadores.
– Para essa edição conseguimos tudo correndo atrás. Os voluntários, os serviços, as bandas, todos estão aqui abraçando a causa, com boa vontade e bancando a ideia. Para o próximo ano, esperamos contar com o apoio da prefeitura e de outros órgãos e entidades para que o evento cresça e atinja mais e mais pessoas – ambiciona Brandão.

Acadêmicos de Publicidade e Propaganda recolheram mensagens positivas para o #ProjetoConverse Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

A psiquiatra Martha Helena Oliveira Noal, coordenadora do projeto de extensão e promoção da vida e prevenção do suicídio e integrante do Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar do Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), vê com emoção a atividade deste sábado, que envolveu centenas de pessoas. Mas, ela reconhece que ainda há um longo caminho a ser percorrido em termos conscientização e de serviços para apoiar pessoas que sofrem deste transtorno.
Martha encara o evento como a maturidade do movimento implantado em Santa Maria pelos serviços e apoiadores que lutam pela promoção da vida e prevenção do suicídio.
– Precisamos cada vez mais criar essa rede de apoio. O CVV escuta, o Núcleo realiza a capacitação dos profissionais, a imprensa divulga os trabalhos e quanto mais gente contribuir, quantos mais nós essa rede tiver, mais força teremos – acredita Martha.


As próximas atividades do Setembro Amarelo em Santa Maria serão realizadas dias 14 e 15, quando será realizado o III Encontro Regional de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio, no auditório Gulerpe, no Husm. Dia 21, com a Palestra Depressão e Atividade Física, com o professor Marcelo Ustra Soares, na SUCV (Rua Venâncio Aires, 2.035), às 20h. E, por fim, dia 28, com a Palestra Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio, na Base Aérea de Santa Maria (Basm), às 10h30min. 




 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCandidatos à prefeitura de Santa Maria percorrem ruas do Centro em cadeiras de rodas https://t.co/LVLSIiEI6H https://t.co/b6oA7rxa4ihá 18 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM25ª Romaria da Pessoa Idosa ocorre neste domingo em santa Maria https://t.co/HkwZbLRRK0 https://t.co/6NeTkFv9S8há 19 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros