Prefeitura de Santa Maria adia campanha de multivacinação por causa do feriado - Diário de Santa Maria

Saúde14/09/2016 | 11h29Atualizada em 14/09/2016 | 11h29

Prefeitura de Santa Maria adia campanha de multivacinação por causa do feriado

Público-alvo são aqueles que têm imunização marcada para este mês ou que está em atraso

Prefeitura de Santa Maria adia campanha de multivacinação por causa do feriado Jefferson Botega/Agencia RBS
Esquema de algumas vacina foi alterado pelo Ministério da Saúde Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

A prefeitura de Santa Maria decidiu adiar o começo da campanha de multivacinação (atualização de vacinas para crianças e adolescentes) para a próxima quarta-feira, dia 21, por conta do feriado do Dia do Gaúcho, no dia 20.

De acordo com a enfermeira responsável pelo setor de imunização da Vigilância em Saúde, Ana Motta, a campanha começa oficialmente, em todo o Brasil, no dia 19. No entanto, como as prefeituras do Rio Grande do Sul farão ponto facultativo no dia 20, optaram por adiar a vacinação e receberam a orientação do Ministério da Saúde de divulgar o adiamento.

Husm faz triagem de pacientes para amenizar superlotação do Pronto-Socorro

Ana frisa que não haverá prejuízo à população, já que essa campanha é para atualizar o calendário básico.

– Serão vacinados aqueles que têm vacinação marcada para este mês ou que têm alguma vacina em atraso. Geralmente as pessoas associam essa campanha a da poliomielite, com a gotinha, mas não será feita dessa forma. É para atualização – explica Ana.

Por conta disso, não há uma meta a ser atingida. Os alvos da campanha são crianças com menos de 5 anos e crianças e adolescentes de 9 a menos de 15 anos. Estarão disponíveis, conforme a prefeitura, 14 tipos de vacinas: dupla adulto, DTP, febre amarela, hepatite A, hepatite B, HPV, meningocócica C, pentavalente, pneumo, rotavírus, varicela, VIP, VOP e tetra viral.

Candidatos à prefeitura de Santa Maria prometem abrir o Hospital Regional, mas pouco podem fazer 

A campanha vai até o dia 30, em 27 postos de saúde e hospitais. Os locais e horários de  atendimento podem ser acessados aqui. No dia 24, um sábado, será o Dia D da campanha, quando todos os postos de saúde do perímetro urbano ficarão abertos para a vacinação das 8h às 18h.

Mudança no calendário
A Secretaria de Saúde alterou, em janeiro, a dosagem de quatro vacinas: poliomielite, HPV, meningocócica C (conjugada) e pneumocócica 10 valente.

A imunização contra a poliomielite passou a ser de três doses da vacina injetável (dois, quatro e seis meses) e mais duas doses de reforço com a vacina oral. Até 2015, eram duas doses injetáveis e três orais.

Husm enfrenta falta de transporte para transferir pacientes a hospitais da região

Já a vacinação contra o HPV passou de três para duas doses, com intervalo de seis meses entre elas para meninas saudáveis de 9 a 14 anos. Soropositivas de 9 a 26 anos devem continuar recebendo três doses.

No caso da meningocócica C, o reforço, que era administrado aos 15 meses, passou a ser feito preferencialmente aos 12 meses, podendo ser feito até os 4 anos. As primeiras duas doses continuam sendo realizadas aos 3 e aos 5 meses.

Depressão em idosos pode ser detectada, tratada e superada 

A pneumocócica sofreu redução de uma dose e passou a ser administrada em duas (aos 2 e 4 meses), com um reforço preferencialmente aos 12 meses, mas que pode ser recebido até os 4 anos.

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM"Eu acordei com uma ligação, e disseram que meu filho estava morto", diz pai de taxista https://t.co/6Y3vjZRVZ3 https://t.co/ZDFROJLMYFhá 15 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSanta Maria ganhará novo cursinho pré-vestibular https://t.co/FjzfzfdOin https://t.co/8RU8TyJudehá 19 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros