Lava-Jato prende ex-ministro da Fazenda Guido Mantega  - Diário de Santa Maria

Arquivo X22/09/2016 | 08h42Atualizada em 22/09/2016 | 10h00

Lava-Jato prende ex-ministro da Fazenda Guido Mantega 

Nova etapa da operação investiga contratação de empresas para a construção das plataformas P-67 e P70 para a exploração de petróleo na camada do pré-sal pela Petrobras  

Lava-Jato prende ex-ministro da Fazenda Guido Mantega  Marcelo Camargo/ABR
Foto: Marcelo Camargo / ABR
Zero Hora
Zero Hora

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi preso temporariamente pela Operação Lava-Jato na manhã desta quinta-feira. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

A 34ª etapa da operação que investiga denúncias de corrupção na Petrobras foi deflagrada na manhã desta quinta-feira. Os agentes cumprem 49 mandados em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia e no Distrito Federal — 33 de busca e apreensão, oito de prisão e oito de condução coercitiva. No Rio Grande do Sul, trata-se de um mandado de busca e apreensão.

Leia mais:
Sergio Moro é recebido com status de pop star em palestra em Novo Hamburgo
"Pessoalmente acho que não é bom", diz Temer sobre anistia a caixa 2
Lula se diz "ofendido" por ter vida "futucada por uns meninos do MPF"

Batizada de Arquivo X, a etapa investiga a contratação pela Petrobras de empresas para a construção das plataformas P-67 e P70 para a exploração de petróleo na camada do pré-sal. A investigação apontou que empresas se associaram na forma de consórcio para obter os contratos de construção das plataformas, embora não possuíssem experiência, estrutura ou preparo para tanto.

Segundo a Lava-Jato, Mantega teria atuado diretamente junto ao comando de uma das empresas para negociar o repasse de recursos para pagamentos de dívidas de campanha. Os valores teriam como destino pessoas já investigadas na operação e que atuavam no marketing e propaganda de campanhas políticas.

O nome Arquivo X faz referência a um dos grupos empresarias investigados e que tem como marca a colocação e repetição do "X" nos nomes das pessoas jurídicas integrantes do seu conglomerado empresarial. 

Os alvos de condução coercitiva estão sendo levados às sedes da Polícia Federal (PF) nas respectivas cidades para prestar esclarecimentos. Já os presos temporariamente serão encaminhados à sede da PF em Curitiba.

Mantega não estava em sua casa em São Paulo, onde os agentes cumpriram um mandado de busca e apreensão. Ele foi preso no Hospital Albert Einstein, onde acompanhava a mulher em uma cirurgia. O ex-ministro entregou-se na portaria da instituição.

Titular por mais tempo do Ministério da Fazenda, ocupando o posto por nove anos nos governos Lula e Dilma Rousseff, Guido Mantega é economista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Nascido na Itália e criado na capital paulista, Mantega também esteve à frente do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na primeira administração do PT.

Leia as últimas notícias


 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCâmara cria comissão para investigar denúncia contra Farret https://t.co/KFZOAHtsEH https://t.co/jFt6tu3GSjhá 17 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMAssaltante esfaqueia taxista e é preso em Santa Maria https://t.co/3fwdKZFDrJ https://t.co/AMauaJdQmAhá 23 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros