Incêndio destrói duas casas no bairro Campestre em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Acidente21/09/2016 | 15h49Atualizada em 21/09/2016 | 19h55

Incêndio destrói duas casas no bairro Campestre em Santa Maria

Seis pessoas foram levadas para atendimento médico por terem inalado fumaça, mas passam bem

Incêndio destrói duas casas no bairro Campestre em Santa Maria Maiara Bersch/Agencia RBS
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

Um incêndio na manhã desta terça-feira destruiu completamente uma casa e parte de outra na Rua Garibaldi Luiz Schmidt, no bairro Campestre Menino Deus. Seis pessoas precisaram de atendimento médico por terem inalado fumaça.

Comerciantes do Shopping Popular realizam protesto contra a prefeitura

Uma das famílias é a de Maria Comareto, 48 anos, que afirma ter perdido tudo no incêndio. Ela vivia no local com a neta, Kassiane dos Santos, 14. Enquanto a avó cortava a grama da casa, Kassiane estava em seu quarto, que fica aos fundos da residência, e não teria visto a fumaça.

– O fogo se alastrou rápido e não deu tempo de fazer nada – disse Maria.

Polícia Civil de Santiago investiga morte de paciente que aguardava por leito de UTI

Ela conta que a causa do fogo teria sido um curto-circuito no cortador de grama, que estava ligado em uma tomada no quarto dela. 

Como a casa vizinha fica muito próxima, o fogo também destruiu parte de outra casa. A família do militar Sandro Fenalti, 43, conta uma história parecida com a de Maria: os três filhos e a mulher acordaram por causa da fumaça. A primeira coisa que fizeram foi deixar o local para em seguida chamar os bombeiros.

Ladrão joga gasolina em motorista e cobrador durante assalto a ônibus em Santa Maria

A corporação foi acionada por volta das 9h30min. Foram necessários dois caminhões de combate a incêndio, uma viatura de resgate, oito bombeiros e 13 mil litros d'água para controlar as chamas. O trabalho levou 50 minutos. As seis pessoas que inalaram fumaça precisaram ser levadas ao Hospital da Brigada Militar e ao Pronto-Atendimento (PA) do bairro Patronato para atendimento médico. Elas foram liberadas em seguida.

Fadisma fará pesquisa em parceria com a Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro

A casa de Maria era de madeira e foi completamente destruída. O dano só não foi maior na casa vizinha, de Fenalti, porque o imóvel é de alvenaria.

Como Maria perdeu a casa e todos os pertences que tinha, a associação comunitária do bairro se reuniu para ajudá-la. Ela se mudou para a casa da filha, Júlia, que ajuda a mãe com a documentação. Em paralelo, vizinhos recolhem donativos e ajudam como podem. Móveis já foram garantidos por conta da solidariedade de amigos. A prioridade é para materiais de construção.

Dois homens são presos pelo furto de 150 pneus de loja em Santa Maria

Quem tiver interesse em ajudar, pode doar alimentos, roupas, calçados, materiais de construção ou dinheiro direto na associação comunitária do bairro Campestre ou pelo telefone (55) 9153-2266. Também é possível entrar em contato com a filha de Maria, Júlia, pelo número (55) 8422-4058.

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCandidatos à prefeitura de Santa Maria percorrem ruas do Centro em cadeiras de rodas https://t.co/LVLSIiEI6H https://t.co/b6oA7rxa4ihá 16 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM25ª Romaria da Pessoa Idosa ocorre neste domingo em santa Maria https://t.co/HkwZbLRRK0 https://t.co/6NeTkFv9S8há 17 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros