Encontro de antigos moradores de rua da Vila Schirmer deve reunir cerca de 90 pessoas - Diário de Santa Maria

Rua Henrique Abiatti 03/09/2016 | 07h32Atualizada em 03/09/2016 | 07h32

Encontro de antigos moradores de rua da Vila Schirmer deve reunir cerca de 90 pessoas

Amizade nascida nos anos 50 e 60 jamais se desfez. Ex-vizinhos usaram redes sociais para marcar reencontro

Encontro de antigos moradores de rua da Vila Schirmer deve reunir cerca de 90 pessoas Maiara Bersch/Agencia RBS
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

A Rua Henrique Abiatti não tinha saída. As casas eram de madeira,;a estrada, de barro; e a paisagem tinha eucaliptos, coxilhas e uma sanga. Assim era há 59 anos, quando chegaram os primeiros moradores, o casal Josepphina e Brasil Augusti. A eles juntaram-se as famílias Sanfelice, Spiazzi e Lima, que, segundo a moradora mais antiga e ainda residente no local, Josepphina, ¿estavam procurando um lugar calmo para criar os filhos¿. A dona de casa de 85 anos também recorda da gurizada que enchia a rua, ¿todo mundo junto, um cuidando do outro¿.

Era um piazedo de 40 jovens – 19 meninas, 21 meninos – vizinhos e amigos da rua, localizada na Vila Schirmer. Colegas em sala de aula, no Colégio Coronel Pillar, eles também se juntavam, nos embalos de Beatles e Creedence, transformando garagens e casas vazias em palco para os ¿domingos dançantes¿. O ¿futebol dos feras¿, as festas de São João e a colheita de macela também marcaram aquela época. 

Mas se as décadas de 50 e 60 foram de muita amizade, o final dos anos 70 marcou o afastamento físico do grupo. Com objetivos diferentes, cada um passou a trilhar seu sonho profissional, distante da velha rua. Muitos saíram de Santa Maria rumo À Santa Catarina, Rio de Janeiro, Minas Gerais. Mas alguns, como Cleci Spiazzi, 67 anos, permaneceram na Henrique Abiatti. Mas ela ressalta:

– Nunca deixamos de manter contato.As raras conversas com os velhos amigos motivaram os primos Sandra e Carlos Spiazzi a reunir a turma outra vez. Para convocar todos e compartilhar fotos, eles fizeram grupos no WhatsApp e no Facebook. E neste fim de semana, finalmente, vão matar a saudade no 1º Encontro dos Primeiros Moradores da Rua Henrique Abbiati. Segundo Carlos, 60 anos, são esperadas 90 pessoas:

– Dona Lurdes Lima, de 90 anos, está vindo do Rio de Janeiro com a filha para confraternizar. Isso me emociona muito. Sempre fomos muito unidos, feito uma família só! – destaca.

O reencontro vai durar todo o fim de semana. A programação inclui churrasco, mateada e distribuição de CDs com fotos antigas. Mas o mais importante será estar juntos.

– Hoje cada ex-morador quer experimentar de verdade o abraço do amigo, a conversa que ficou na memória – afirma Sandra.

(Colaborou Lorenzo Franchi)

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMConheça os 213 candidatos à Câmara de Vereadores em Santa Maria https://t.co/Wsja2dnTm0 https://t.co/fkfSf04yOGhá 3 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMNoivo faz pedido de casamento em tela de cinema em Santa Maria https://t.co/L0UqKGqZFm https://t.co/g2Uyc83Wsrhá 4 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros