Em véspera de homenagem a Bernardo, avó recorre de novo arquivamento sobre morte de Odilaine  - Diário de Santa Maria

Caso Odilaine05/09/2016 | 20h27Atualizada em 05/09/2016 | 20h43

Em véspera de homenagem a Bernardo, avó recorre de novo arquivamento sobre morte de Odilaine 

Investigação foi reaberta, mas não teriam sido encontrados novos elementos para mudar a conclusão de suicídio para homicídio

Em véspera de homenagem a Bernardo, avó recorre de novo arquivamento sobre morte de Odilaine  Rosane Vaz / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Foto: Rosane Vaz / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Na véspera do dia de aniversário de Bernardo Boldrini (em que completaria 14 anos), os advogados de Jussara Uglione, avó dele, ingressaram nesta segunda-feira com um recurso no Tribunal de Justiça do Estado. A ação é contra o novo arquivamento do inquérito que apurou a causa da morte da mãe do menino, Odilaine Uglione, em 2010. A mulher foi encontrada morta no consultório do então marido, Leandro Boldrini, depois de supostamente ter cometido suicídio. Após perícias particulares encomendadas por Jussara, em que se atestava que a carta encontrada junto ao corpo de Odilaine não teria sido escrita por ela, foi determinada uma nova investigação do caso.

Justiça decide arquivar inquérito que apura morte da mãe de Bernardo

O recurso pede que mais pessoas sejam ouvidas e que novas perícias sejam realizadas. Conforme um dos advogados, Marlon Adriano Balbon Taborda, há diversos indícios na nova investigação de que várias diligências deixaram de serem feitas ou foram inconclusivas.

MP reitera pedido de arquivamento do caso da morte de Odilaine

– Fizemos uma análise bem criteriosa e apresentamos algumas situações como perícias inconclusivas, inclusive sem assinatura ou certificação digital. Alguns atos determinados pelo Judiciário, como acareações, também não foram feitas. Nem sequer o trajeto da arma, quem comprou, quem vendeu, quem registrou, nem isso foi feito. Mas estamos esperançosos que os desembargadores analisem com mais acuidade esse processo que clama por justiça – afirma Taborda.

Homenagem pelo aniversário

Neste dia 6 de setembro o menino Bernardo completaria 14 anos, se estivesse vivo. Por isso, a partir das 9h, amigos, familiares e grupos de oração do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rondônia, Rio Grande do Norte, além de diversas cidades do Rio Grande do Sul, vão se reunir junto ao jazigo da família para prestar homenagens. Mais tarde, às 9h30min, será celebrada uma missa no local. Nesta segunda, havia no túmulo um aquário (presente desejado por Bernardo), flores, faixas, fotografias, gravuras de anjos e brinquedos.

Mantido júri popular de acusados da morte do menino Bernardo

Bernardo foi morto pela madrasta dele, Graciele Ugulini, com a ajuda dos irmãos Evandro e Edelvânia Wirganovicz, em maio de 2014. O pai do menino, Leandro Boldrini, também é acusado do crime. Todos estão presos.

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCorintians recebe o Guarani-VA pela 3ª rodada do Estadual de Basquete https://t.co/oAQrQsChzk https://t.co/fxsAbDnY5yhá 11 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPrêmio Empreendedor é uma oportunidade das instituições mostrarem suas pesquisas https://t.co/xYX6QSQkWN https://t.co/kPZuZuNRm9há 12 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros