Distribuição da Chama Crioula dá início às celebrações da Semana Farroupilha em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Tradição10/09/2016 | 18h29Atualizada em 10/09/2016 | 18h29

Distribuição da Chama Crioula dá início às celebrações da Semana Farroupilha em Santa Maria

Entidades tradicionalistas da cidade buscaram a centelha da chama que ficará acesa até o dia 20 de setembro em suas sedes

Distribuição da Chama Crioula dá início às celebrações da Semana Farroupilha em Santa Maria Jean Pimentel/Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Representantes das 42 entidades tradicionalistas de Santa Maria se reuniram na tarde deste sábado, no Parque da Medianeira, para a cerimônia de distribuição da Chama Crioula, que chegou a Santa Maria no dia 24 de agosto. A atividade marca a abertura oficial da Semana Farroupilha que, neste ano, traz o tema "República das Carretas" e homenageia, em nível local, José Figueiredo Vasseur (o Xirú Vasseur) e tem como patrono estadual Zeno Dias Chaves.

Na ocasião,os cavaleiros de cada uma das entidades foram chamados a pegar uma centelha da chama para levar até seus CTGs, DTGs e Piquetes, onde serão mantidas acesas até a tarde do dia 20 de setembro, quando se encerram as atividades comemorativas ao Dia do Gaúcho.

Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

De acordo com Luiz Sérgio Fassbinder, coordenador da 13ª Região Tradicionalista, da qual fazem parte Santa Maria e outras 16 cidades, cerca de duas mil pessoas estiveram reunidas, desde às 14h da ensolarada tarde de sábado, em função do ato tradicionalista.

– Este é um ano mais que especial. Celebramos os 50 anos do Movimento Tradicionalista Gaúcho organizado no Rio Grande do Sul. Por esse motivo, e por toda a simbologia de manter as tradições, que essa é uma atividade importante dentro da Semana Farroupilha – explica Fassbinder. 

Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

A primeira entidade a receber a centelha foi o CTG Estância do Minuano, que celebra 60 anos de existência em 2016.
– É um privilégio fazer parte desse momento e ser o primeiro a receber a centelha que simboliza a manutenção da tradição, a força e a coragem do espírito gaúcho. No dia 20, quando a chama se apagar, também será algo simbólico, afinal, a tradição é uma chama acesa o ano inteiro – resume Luiz Bortoluzi, patrão do CTG Estância do Minuano.


O prefeito José Farret esteve presente na atividade e felicitou os envolvidos pelo início das festividades farroupilhas. Ele classificou a festa como um ato sublime.

– Essa é a chama da esperança, do amor e da solidariedade. Que todos carreguem consigo essa chama e esses valores, pela união e pela paz – disse. 

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMIncêndios destroem duas casas na região central do Estado https://t.co/0dMw8u79On https://t.co/SI5TM6fpoahá 3 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMDono de mercado é baleado durante assalto em Santa Maria https://t.co/zKxoZKZOQ9 https://t.co/mQmHuHzq12há 4 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros