Pedro Ernesto: "Rei de Copas" - Esportes - Diário de Santa Maria

Coluna do Pedro08/12/2016 | 09h05Atualizada em 08/12/2016 | 09h05

Pedro Ernesto: "Rei de Copas"

Pedro Ernesto: "Rei de Copas" Fernando Gomes/Agencia RBS
Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS
Pedro Ernesto Denardin
Pedro Ernesto Denardin

pedro.ernesto@diariogaucho.com.br

Ninguém conseguiu ser cinco vezes campeão da Copa do Brasil. O desempenho do Grêmio foi extraordinário. O clube se preparou para ganhar este título. Tudo foi feito com este objetivo. Quinze anos de espera, de sofrimento, de constrangimentos. Ontem, o torcedor do Grêmio fez a festa. O Rio Grande do Sul não dormiu. A noite foi a mais longa do ano.

Milhares de pessoas invadiram as ruas das suas cidades para fazer a grande comemoração. Não poderia ser diferente. Valeu esperar pela grandeza do título. O Grêmio, definitivamente, é o Rei de Copas. Cinco da Copa do Brasil, dois campeonatos brasileiros.

Ninguém conseguiu ser cinco vezes campeão da Copa do Brasil. O desempenho do Grêmio foi extraordinário. O clube se preparou para ganhar este título. Tudo foi feito com este objetivo. Quinze anos de espera, de sofrimento, de constrangimentos. Ontem, o torcedor do Grêmio fez a festa. O Rio Grande do Sul não dormiu. A noite foi a mais longa do ano. 

Milhares de pessoas invadiram as ruas das suas cidades para fazer a grande comemoração. Não poderia ser diferente. Valeu esperar pela grandeza do título. O Grêmio, definitivamente, é o Rei de Copas. Cinco da Copa do Brasil, dois campeonatos brasileiros.

Super Renato

O destino quis que a torcida do Grêmio prestasse a justa homenagem para seu maior ídolo. Ele foi autor dos dois gols mais importantes da história do clube. Voltou como técnico e conseguiu o pentacampeonato. Ninguém é maior do que ele. Ninguém dá tanta alegria ao torcedor do Grêmio. Ninguém é tão ídolo de uma grande torcida. 

Experiência

Com o Adalberto Preis, Saul Berdichevski e Espinosa, o Grêmio encheu seu vestiário de experiência. Faltava um jeito experiente, um organograma bem definido, uma conjuntura que conduzisse o time à vitória. O vestiário sentia falta disso. Os velhos dirigentes voltaram para emprestar os detalhes que faltavam para fazer o Grêmio campeão. 

Leia outras colunas do Pedro Ernesto Denardin


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM94 vagas de empregos e estágios para quinta-feira https://t.co/bqkdLq0rN7há 9 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Daronco estreia na Libertadores e apitará terceira final consecutiva no Gauchão: https://t.co/JYNKQjTFMa @diariosm https:/…há 9 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros