Corpos de vítimas do desastre aéreo da Chapecoense são embarcados na Colômbia - Esportes - Diário de Santa Maria

Rumo a Chapecó02/12/2016 | 18h22Atualizada em 03/12/2016 | 08h46

Corpos de vítimas do desastre aéreo da Chapecoense são embarcados na Colômbia

Comboio que cruzou Medellín em meio à despedida emocionada do povo chegou ao aeroporto às 14h no horário local

Corpos de vítimas do desastre aéreo da Chapecoense são embarcados na Colômbia Bruno Alencastro/Agencia RBS
Embarque terminou por volta de 19h (horário de Brasília) Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS
Marcos Castiel e enviado especial à Colômbia
Marcos Castiel e enviado especial à Colômbia

marcos.castiel@diariocatarinense.com.br

O capítulo final em solo colombiano da tragédia que abalou Chapecó, Santa Catarina e o mundo foi com pompas militares no aeroporto José María Cordova, em Rionegro, nesta sexta-feira. E o motivo o tenente-coronel John Trujillo explicou:

— Queríamos que as vítimas deixassem o solo colombiano como heróis. Não foi só o Brasil, nós colombianos consideramos ter perdido irmãos — falou o militar.

O comboio que cruzou Medellín em meio à despedida emocionada do povo, que foi às ruas acenar com lenços brancos e chorar, chegou às 14h no horário local (17h de Brasília) e o primeiro caixão entrou no avião da Força Aérea Brasileira às 15h locais (18h de Brasília). Os embarques terminaram pouco depois das 19h de Brasília e o primeiro avião levantou voo às 19h21min de Brasília. Duas aeronaves levam 17 corpos cada e a terceira tem 16 caixões embarcados.

Agora os três aviões da FAB devem voar por cerca de quatro horas até Manaus, onde fazem uma pausa para reabastecimento. Depois seguem para Chapecó, em uma viagem que deve levar seis horas. A última das três aeronaves deve pousar no aeroporto do Oeste catarinense por volta das 8h de sábado. O percurso completo, entre Medellín e SC, vai durar pelo menos 12 horas, contanto com a parada para reabastecimento de aproximadamente uma hora e meia em Manaus.

O pouso dos aviões em Chapecó deve ocorrer com intervalos de 15 minutos entre cada um. A expectativa é de que a primeira aeronave pouse no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, em Chapecó, por volta de 7h (horário de Brasília) deste sábado. 

População acompanhou o trajeto dos carros funerários com lenços brancos nas mãos Foto: Diórgenes Pandini / Agência RBS

Na pista, além da centena de militares e dos 50 caixões, estavam o prefeito de Chapecó Luciano Bulligon e o embaixador brasileiro na Colômbia Julio Bitelli. Após a benção de um padre, ao som da marcha fúnebre, foram embarcados os corpos.

Confira como será o adeus às vitimas do desastre aéreo:

Leia mais notícias:

Segurança e Saúde mobilizam 1,4 mil profissionais durante velório coletivo em Chapecó

Aviões com corpos das vítimas devem chegar no sábado

LaMia fez ao menos 4 voos no limite nos últimos 6 meses

Corpos de brasileiros serão repatriados nesta sexta-feira

Plano de voo não tinha parada para reabastecer

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM1.766 candidatos disputam 30 vagas de emprego em loja de Santa Maria https://t.co/IMQlBoyV3O https://t.co/3H1upYXuvzhá 1 horaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMorre o médico e professor João Eduardo Oliveira Irion https://t.co/YYFqLLEm4y https://t.co/g0t5RvRMJjhá 2 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros