Fisioterapeuta Rafael Gobbato será sepultado no interior de Farroupilha - Esportes - Diário de Santa Maria

#ForçaChape30/11/2016 | 20h26

Fisioterapeuta Rafael Gobbato será sepultado no interior de Farroupilha

Corpo do ex-vice-presidente do Riograndense, de Santa Maria, é aguardado para velório coletivo na Arena Condá 

Fisioterapeuta Rafael Gobbato será sepultado no interior de Farroupilha Chapecoense/Dvulgação
Foto: Chapecoense / Dvulgação

Três dos 71 mortos no acidente que levava a delegação da Chapecoense a Medellín, na Colômbia, na madrugada de terça-feira, tinham forte relação com Santa Maria e região. 

Ex-professor da Unifra é uma das vítimas do acidente com a Chapecoense

Nesta quarta-feira, ainda à espera da data da liberação dos corpos para o velório, as famílias já haviam definido os locais dos sepultamentos de Rafael Gobbato, fisioterapeuta do clube, Décio Burtet Filho, diretor administrativo, e Douglas Dorneles, jornalista da Rádio Chapecó.

Diretor comercial da Chape morto em acidente era natural de Tupanciretã

O ex-professor do Centro Universitário Franciscano (Unifra) e vice-presidente do Riograndense em 2015, Rafael Gobbato, 33 anos, fisioterapeuta-chefe da Chapecoense, será sepultado na localidade de Monte Bérico, interior de Farroupilha, na Serra, distrito onde a família tem um jazigo. 

"O sonho dele era trabalhar no futebol"

A previsão é que o enterro ocorra entre o sábado e o domingo, conforme a liberação do corpo e após o velório coletivo na Arena Condá — está previsto para começar até sexta-feira. Alguns parentes de Gobbato viajaram a Chapecó para acompanhar as homenagens no estádio do clube na noite desta quarta-feira.

— Era um menino muito determinado e com ambições bonitas. Sonhava alto. Alguém que queria conquistar alguma coisa na vida. Sensível, de coração grande e muito simpático. Vivia o auge da sua carreira e estudava uma proposta dos Emirados Árabes, que o deixou bastante dividido em função da paixão pela Chape — comentou Pedro Gobbato Piccoli, 49 anos, primo de Rafael.

Jornalista de Santiago morre em acidente da Chapecoense

Gobbato era natural de Porto Alegre e se mudou para Santa Maria em 2012. Era noivo da professora da Unifra Vivian da Pieve Antunes. Ele deixa o irmão, Gláuber, e os pais, Lurdes e Paulo, que moram em Farroupilha.

Décio Burtet Filho, que era natural de Tupanciretã, será enterrado em Chapecó. Já Douglas Dorneles, que tinha familiares em São Pedro do Sul e Santiago, será sepultado em Nova Teutônia. 


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSuspeito de integrar movimento neonazista é preso em Cruz Alta https://t.co/HlPiwvvtk9 https://t.co/EtWLEXWtgEhá 7 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEstudantes começam a desocupar prédios da UFSM https://t.co/fHTMnU4nv0 https://t.co/uC8MlLQBGhhá 7 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros