Atletas de Santa Maria reúnem forças e parceiros para, um dia, chegar às Paralimpíadas - Esportes - Diário de Santa Maria

Paratletas06/09/2016 | 20h29Atualizada em 06/09/2016 | 20h29

Atletas de Santa Maria reúnem forças e parceiros para, um dia, chegar às Paralimpíadas

Associação da cidade representa mais de 10 modalidades, entre elas, a bocha em cadeira de rodas

Atletas de Santa Maria reúnem forças e parceiros para, um dia, chegar às Paralimpíadas Germano Rorato/Agencia RBS
Denilson (E), Cezinha e Chico (D), representantes de Santa Maria em esportes adaptados Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Nesta quarta-feira, começa a Paralimpíada do Rio. E o Coração do Rio Grande tem muito o que avançar se, algum dia, quiser ter um representante na maior competição esportiva para pessoas com deficiência. Você sabia que Santa Maria tem uma associação que representa os paratletas da cidade? Associação Santa-Mariense Paradesportiva (Assampar). Esse é o nome do grupo capitaneado pelo multiatleta Denilson Souza, 39 anos, militar da reserva que ficou paraplégico após cair do sexto andar de um prédio, há 10 anos. 

Leia mais
Do handebol ao kart, Denilson Souza vem atraindo novos desportistas
21 atletas paralímpicos que você deveria conhecer
As últimas notícias sobre esporte

— Há uma série de fatores que precisam ser superados. A Assampar, hoje, tem 12 integrantes, nome, mas não está registrada. Ainda não conseguimos avançar na parte burocrática, por falta de apoio — explica Denilson.

Entre os mais de 10 esportes praticados pelos atletas da Assampar, está a bocha. Modalidade paralímpica na qual a cidade têm feito bonito. Francisco Hoffmann, o Chico, 30 anos, ocupa a segunda posição na classificação geral do Campeonato Gaúcho de Bocha em Cadeira de Rodas. 

— Fiquei surpreso com o desempenho porque não conseguimos treinar muito. Não tinha muita expectativa. Treinava em uma cancha de areia (competição de bocha em cadeira de rodas é realizada em carpete). Mas vou em busca do título — promete Chico, que perdeu o movimento das pernas depois de sofrer uma lesão na medula, em 2009, em acidente de carro.

Exemplo é uma palavra comum entre os paratletas, que colecionam histórias de superação. Mas há um suporte que precisa andar lado a lado com esse esforço. Em Santa Maria, a Associação Cruzeiro do Sul, clube destinado aos amantes da bocha, apostou em Denilson, Chico e nos demais competidores da Assampar.

Presidente da Associação Cruzeiro do Sul, Edemar Eilert (à esquerda, acima), resolveu aposta na bocha em cadeira de rodas Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

— Um dia o Denilson esteve aqui para ver o filho dele jogar na nossa escolinha. Fiquei constrangido porque não tínhamos acesso. Aí pegamos ele e tivemos de subir pela escada. Não tínhamos a obrigatoriedade de ter rampas porque o prédio é antigo. Mas, mesmo assim, fizemos um laudo de acessibilidade. Prometi para ele (Denilson) que, assim que ele conseguisse entrar no clube com as próprias forças, faria algo voltado para a bocha em cadeira de rodas. Foi assim que começou a nossa parceria — conta Edemar Eilert, 58 anos, presidente da Associação Cruzeiro do Sul.

Na noite da última segunda, a parceria deu mais um passo. A instalação de um carpete adaptado para a prática da bocha em cadeira de rodas. A Associação Cruzeiro do Sul tem apenas uma cancha. Por isso, o material precisa sempre ser colocado e retirado. Nada que interfira nessa bela história que apenas começou a ser construída.

— Sempre friso que a força de vontade deles é fora do comum. Espero que todos façam a sua parte. A ideia é plantar essa semente. É difícil fazermos as coisas sozinhos. Se o Cruzeiro fez, que é um clube pequeno, por que os outros não podem fazer? — concluiu Edemar. 

Relembre vídeo de Denilson Souza:


 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMUnifra cria serviço de apoio a desempregados em Santa Maria https://t.co/fbdIvImJdC https://t.co/gWv7HIcIwQhá 12 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEm cinco postos, preço da gasolina reduziu em Santa Maria https://t.co/DcKrCYAbEq https://t.co/jMFQHnv6lghá 25 minutosRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros