Antônio Tenório conquista sua sexta medalha em Paraolimpíada - Esportes - Diário de Santa Maria

Judô10/09/2016 | 18h38Atualizada em 11/09/2016 | 14h24

Antônio Tenório conquista sua sexta medalha em Paraolimpíada

Atleta venceu nas edições de 1996, 2000, 2004 e 2008

Antônio Tenório conquista sua sexta medalha em Paraolimpíada Marcio Rodrigues/MPIX/CPB
Foto: Marcio Rodrigues / MPIX/CPB
Cristiel Gasparetto- enviado especial ao Rio
Cristiel Gasparetto- enviado especial ao Rio

cristiel.gasparetto@diariogaucho.com.br

Já consagrado como atleta, o paulista Antônio Tenório escreveu mais um capítulo de sua trajetória vitoriosa ao conquistar a sua sexta medalha em paraolimpíadas. Na final da categoria até 100Kg, disputada neste sábado, mesmo com o apoio de uma torcida empolgada na Arena Carioca 3, ele perdeu para o sul-coreano Gwanggeu Choi.

Tenório, 45 anos, foi campeão dos Jogos Paraolímpicos de 1996, 2000, 2004 e 2008. Em Londres 2012, tinha ficado com o bronze. Agora, levou a prata na categoria B1, para atletas totalmente cegos.

Leia mais:
Alana Maldonado é prata no judô na Paraolimpíada

— São 24 anos subindo no pódio, acho que só eu e outro atleta japonês conseguimos isso — destacou o brasileiro, que perdeu a visão do olho esquerdo aos 13 anos, atingido por uma mamona quando brincava de estilingue com amigos. Seis anos depois, ficou cego do olho direito devido a uma infecção. Como praticava judô desde criança, não precisou fazer adaptação ao esporte.

Antes dos Jogos do Rio, Tenório disse que começaria, lentamente, o processo de aposentadoria. Depois da prata deste sábado, deixou em aberto a chance de competir em Tóquio 2020, quando terá 49 anos.

Ainda neste sábado, outro brasileiro, Willians Araújo, disputará a final acima dos 100Kg. O adversário será Adiljan Tuledibaev, do Uzbequistão.

Alana foi prata

Na categoria até 70Kg, a brasileira Alana Maldonado perdeu a final para a mexicana Flavia Alvarez e ficou com a prata. Apesar da derrota, ela teve o nome gritado pela torcida que encheu a Arena Carioca 3 na tarde deste sábado.

Já Deanne de Almeida, na disputa pelo bronze, perdeu para a norte-americana Christella Garcia e deixou a arena aos prantos, inconsolável com o resultado.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEm Nome do Filho: E quando o amigo vai embora? https://t.co/tUgew8B8Nk https://t.co/MdEw2Wz1bQhá 5 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMÚltima parcela do IPTU 2016 vence na segunda-feira https://t.co/HHnIk9DHd9 https://t.co/0mCpZepaWZhá 5 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros