Brasil ainda busca medalha em nove esportes coletivos na Olimpíada - Esportes - Diário de Santa Maria

Rio 201614/08/2016 | 20h12Atualizada em 14/08/2016 | 21h10

Brasil ainda busca medalha em nove esportes coletivos na Olimpíada

Entre 13 modalidades, país foi eliminado de quatro delas até o momento

Brasil ainda busca medalha em nove esportes coletivos na Olimpíada Miguel Schincariol/AFP
Depois de um começo preocupante, Seleção Brasileira de futebol garantiu passagem às semifinais da Rio 2016 Foto: Miguel Schincariol / AFP

Dos 13 esportes coletivos disputados pelo Brasil na Rio 2016, o país já garantiu classificação às fases seguintes em seis modalidades, segue em busca da vaga em outras três e deu adeus às competições em quatro — rúgbi masculino e feminino, basquete feminino e hóquei sobre a grama masculino.

Entre os esportes com presença confirmada dos donos da casa na próxima etapa, há desempenhos exemplares de equipes com pouca visibilidade no Brasil, como o polo aquático masculino e o handebol feminino. Enquanto eles bateram os sérvios — três vezes campeões mundiais —, elas garantiram passagem antecipadamente em primeiro lugar no grupo. Confira, a seguir, um resumo da situação atual dos brasileiros nessas modalidades.

CLASSIFICADOS

Futebol masculino

Superado um início preocupante, quando não conseguiu vencer África do Sul e Iraque, o Brasil derrotou a Dinamarca por 4 a 0 ao final da primeira fase e, sábado à noite, passou pela Colômbia nas quartas de final por 2 a 0. Os brasileiros enfrentarão Honduras na semifinal, às 13h de quarta-feira. Se vencerem, poderão enfrentar um trauma recente: disputam a outra semifinal Nigéria e Alemanha — aquela do 7 a 1.

Futebol feminino

Após empate no tempo normal e na prorrogação contra a Austrália, goleira Bárbara defendeu pênalti e deu vitória ao Brasil Foto: GUSTAVO ANDRADE / AFP

Energizadas após uma classificação emocionante nos pênaltis contra a Austrália, na sexta-feira, as brasileiras da craque Marta e da goleira Bárbara se aprontam para a disputa da semifinal contra a Suécia, às 13h de terça-feira, no Maracanã. Na primeira fase, a Seleção bateu as suecas por um expressivo 5 a 1. Se conseguir a vaga, o time vai enfrentar Alemanha ou Canadá na final marcada para as 17h30min de sexta-feira.

Vôlei feminino

Já classificadas para o mata-mata e com uma campanha excelente — quatro vitórias em quatro partidas contra Camarões, Argentina, Japão e Coreia sem perder nenhum set — as brasileiras enfrentariam a Rússia a partir das 22h35min de domingo para confirmar a primeira colocação no grupo e definir as próximas adversárias. As quartas de final serão disputadas na terça.

Polo aquático masculino

Apesar de ter pouca tradição e visibilidade no Brasil, equipe de polo aquático já garantiu classificação às quartas de final Foto: CBDA / Reprodução

Em uma bela campanha, o Brasil venceu Austrália, Japão e Sérvia — atual campeã mundial — e foi surpreendido pela Grécia ao perder por 9 a 4. Os brasileiros voltariam à piscina às 20h50min de domingo para enfrentar a Hungria, defender a primeira colocação no grupo e definir o confronto seguinte. As quartas serão disputadas na terça.

Polo aquático feminino

As atletas do polo aquático brasileiro vivem uma situação inusitada nestas Olimpíadas: perderam os três primeiros jogos e, ainda assim, disputarão as quartas de final contra os EUA às 14h10min de segunda-feira. Isso ocorre porque, no polo feminino, a etapa de classificação serve apenas para definir as chaves. Todos passam de fase.

Handebol feminino

Time brasileiro de handebol derrotou Montenegro no domingo e passou à próxima fase na primeira colocação do grupo Foto: Roberto SCHMIDT / AFP

As meninas, que já estavam garantidas nas quartas, derrotaram a seleção de Montenegro por 29 a 23 no domingo e garantiram o primeiro lugar no Grupo A. Na fase classificatória, venceram quatro partidas e perderam apenas uma, para a Espanha. A etapa de mata-matas começa na terça-feira, em horário a ser definido.

Leia mais:
Diogo Hypolito é prata, e Arthur Nory é bronze no solo da ginástica artística
Conheça Honduras, adversária do Brasil no futebol masculino
Possível final entre Brasil e Alemanha nos Jogos do Rio gera onda de memes

EM BUSCA DA VAGA

Vôlei masculino

Ao perder para a Itália por 3 sets a 1, na noite de sábado, a seleção masculina deixou a classificação para a próxima fase sob risco. A derrota obriga o Brasil a superar a França, às 22h35min de segunda, para garantir passagem às quartas de final por conta própria. Nova derrota obrigará os brasileiros a torcer para o México (já eliminado) vencer os EUA, ou para a Itália bater o Canadá. O Brasil soma duas vitórias e duas derrotas.

Basquete masculino

Em partida decidida depois de duas prorrogações, brasileiros perderam para a Argentina e se complicaram na competição Foto: Diego Vara / Agência RBS

No sábado, em uma partida eletrizante contra a Argentina, o Brasil perdeu por 111 a 107 após duas prorrogações. Esse resultado, combinado à vitória da Espanha sobre a Lituânia, complicou a situação dos brasileiros. A seleção precisa vencer a Nigéria, às 14h15min desta segunda, e torcer pela Argentina contra a Espanha às 19h. Na melhor das hipóteses, se classificaria em quarto lugar e, provavelmente, enfrentaria os EUA.

Handebol masculino

A equipe brasileira empatou por 27 a 27 com o Egito, no sábado, e adiou a inédita classificação para as quartas de final de uma Olimpíada. O time enfrenta a Suécia, já eliminada, às 16h40min desta segunda com a vaga quase garantida. Basta empatar o seu jogo ou torcer por derrota ou empate dos egípcios diante dos líderes alemães.

ELIMINADOS

Basquete feminino

Brasileiras foram derrotadas por equipes como Japão e não conseguiram avançar às fases decisivas da Rio 2016 Foto: JAVIER SORIANO / AFP

A seleção perdeu para a Turquia, por 79 a 76, após ter ficado à frente no placar nos três primeiros tempos do jogo. Em razão da quinta derrota seguida em cinco partidas, o basquete feminino do Brasil encerrou sua participação nos jogos com o pior desempenho já registrado em Olimpíadas. Nas rodadas anteriores, o time havia perdido para Austrália, Japão, Belarus e França.

Rúgbi masculino

A equipe estreou com derrota para Fiji — que acabou conquistando o ouro. Depois perdeu para Argentina e Estados Unidos. Já fora da disputa do ouro, perdeu outra vez para os EUA e para o Quênia. Os maus resultados deixaram o Brasil em último lugar. Ainda assim, a participação foi comemorada por dar experiência à equipe.

Rúgbi Feminino

Vitórias sobre Colômbia e Japão (na foto) garantiram ao time feminino brasileiro a nona colocação nas Olimpíadas Foto: PASCAL GUYOT / AFP

Assim como o time masculino, as mulheres acabaram eliminadas da competição. O time perdeu para Grã-Bretanha e Canadá. Venceu o Japão e ficou em terceiro no grupo. Como pior terceiro colocado, acabou eliminado da disputa do ouro. Na sequência, venceu Colômbia e Japão e garantiu um nono lugar.

Hóquei sobre a grama masculino

O Brasil sofreu cinco derrotas em cinco partidas: levou 12 a 0 da Bélgica, 7 a 0 da Espanha, 9 a 0 da Nova Zelândia, 9 a 1 da Grã-Bretanha e 9 a 0 da Austrália em sua última partida, disputada sexta-feira. Somou 46 gols contra e um a favor — marcado por Stephane Smith, um recifense que cresceu na Inglaterra. O Brasil não disputou a modalidade feminina do hóquei.

*ZHESPORTES

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMAcidente deixa uma motorista morta na ERS-342 em Cruz Alta https://t.co/lVJnmkEgNW https://t.co/JxiB5vzdwUhá 27 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCandidatos à prefeitura de Santa Maria percorrem ruas do Centro em cadeiras de rodas https://t.co/LVLSIiEI6H https://t.co/b6oA7rxa4ihá 21 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros