A era dos assistentes inteligentes já chegou. E está só começando! - Diário de Santa Maria

Coluna Tecnologia03/10/2017 | 17h36Atualizada em 03/10/2017 | 17h36

A era dos assistentes inteligentes já chegou. E está só começando!

Colunista fala sobre inteligência artificial em smartphones e seus usos

  

Caro leitor, certamente você já deve ter ouvido falar em assistentes inteligentes ou assistentes virtuais. Não? Se você usa iPhone, já deve ter trocado algumas palavras com a Siri. Se usa smartphone com Android, você já deve ter dialogado com o Google Assistente.

Depois que escrevi a coluna sobre Chatbots, sobre seu uso e como integram a inteligência artificial no seu funcionamento, algumas pessoas me perguntaram: 

Qual a diferença entre um chatbot e um assistente inteligente?

Foto: Apple / Divulgação

A diferença básica desses dois está no poder da inteligência artificial inserido. No caso dos chatbots, são chats com uma base de informação pré-determinada, onde responde ou gera uma ação a partir de perguntas básicas, comumente realizadas pelos usuários.

Um exemplo são os chatbots de empresas que atendem clientes em serviços pré-determinados, como solicitar informações ou realizar compras. Se você for comprar uma passagem aérea por meio de um chatbot, ele vai solicitar informações como origem, destino, datas, número de passageiros e mais alguma informação complementar. A partir disso, o robô apresenta os horários e valores para que o cliente sinalize a compra e, então, é encaminhado para o fechamento. 

Uma das desvantagens é a limitação em responder somente o que você solicitou para o chatbot, não apresentando informações como passeios, aluguel de carros ou até mesmo outros destinos. Isso pode influenciar direto na experiência de compra do cliente e impactar negativamente.

No caso dos assistentes inteligentes, com a inserção de mais tecnologias da inteligência artificial, como processamentos de linguagens naturais, cria uma personalização muito maior na interação com o usuário. 

Os sistemas dos assistentes são "abastecidos" e "ensinados" com históricos de conversas entre usuários e cria padrões de interação a partir dessas informações. Inclusive, os assistentes conseguem compreender o contexto básico da conversa e prover informações mais assertivas, mesmo o usuário digitando palavras com erros gramaticais. Impressionante, não é?

O artigo da Neurologic apresenta bem essa diferença, inclusive comentando sobre o exemplo da compra das passagens aéreas.

Especialistas do mundo todo afirmam que os assistentes inteligentes estão em pleno desenvolvimento, aumentando constantemente seu poder de compreensão e cada vez mais entregando ao usuário informações com maior precisão.

Um exemplo bem legal da aplicação de um assistente inteligente aconteceu ainda no ano passado, na escola Georgia Tech, nos Estados Unidos. Como em todo o mundo, a grande maioria dos alunos não leem a programação e demais informações das matérias e isso acabava gerando sempre as mesmas perguntas: "Pode entregar o trabalho na segunda-feira?", 'Isso vale nota?", "Isso cai na prova?" (Confesse caro leitor, quem nunca perguntou isso à um professor).

Então o professor Ashok Goel teve a ideia de utilizar todo o seu banco de dados de perguntas e respostas já catalogadas (algo em torno de 10.000 perguntas realizadas por semestre) e, usando a plataforma IBM Watson, criou um assistente inteligente baseado em inteligência artificial. Sem contar para ninguém, deu o nome de Jill e todos os alunos passaram a interagir com essa assistente.

Em resumo, todos os alunos acharam a Jill super-prestativa e somente um aluno desconfiou que não era um humano. Aqui você confere toda a história.

Assistentes inteligentes

Atualmente, existem vários assistentes inteligentes no mercado em franco desenvolvimento. Os mais conhecidos são o Google Assistente (Google), Siri (Apple), Cortana (Microsoft) e Alexa (Amazon).

Foto: Forbes / Reprodução

Apesar da Siri ser o primeiro assistente a ser criado e lançado em 2011, o Google Assistente possui uma precisão bem mais alta. Olhando o gráfico acima, note que ele aparece com 68% de precisão, seguido da Cortana (58%) e somente em terceiro aparece a Siri (21%).

Apesar desses 4 assistentes serem os mais conhecidos, existem uma quantidade enorme sendo criada. Aqui, você pode conferir os top 22 dos assistentes inteligentes. 

Também na onda desses assistentes inteligentes, o Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, já anunciou que está em desenvolvimento do J.A.R.V.I.S. (Just A Rather Very Intelligent System), assim como no filme Iron Man.

E para deixar essa corrida mais acirrada, tem gigante entrando nessa briga. A Samsung lançou em março desse ano, junto com o Smartphone Galaxy S8, o seu assistente chamado Bixby. Por mais que você pode achar que a Samsung entrou meio tarde nessa disputa, pense no poder de alcance desse assistente, integrando apps e demais serviços, inclusive de pagamentos, como o Samsung Pay.

Imagine comigo: se a Samsung fabrica TVs, geladeiras, home theaters e um monte de utensílios domésticos, conecte tudo e coloque um assistente inteligente gerenciando, para realizar todos as seus comandos e requisições. Legal né?

E que tal ter um espelho mágico, onde você pode interagir com ele como o conto de fadas da Branca de Neve. Pois é, essa é a proposta do Duo, uma tela igual a um espelho, mas com um assistente inteligente integrado, permitindo criar um simples centro de entretenimento, podendo ser utilizado tanto tocando a tela, como conversando com o "Albert", o assistente. Confere aí o funcionamento do Duo: 

Mas cuidado: evite fazer a clássica pergunta da Branca de Neve do "Espelho, Espelho meu, existe alguém mais bonito do que eu?" O Albert pode ser muito sincero e você não gostar da resposta. :D

Abraço e sucesso.

@CristianoSilver no twitter

 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPrefeitura continua limpeza em Santa Maria neste sábado https://t.co/XIu3WfAJZ7 https://t.co/LIcdfBKvcZhá 14 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMVÍDEO: motorista filma destruição ao longo da BR-287 https://t.co/qtykUbSLh9 https://t.co/UX5vvRv7mqhá 14 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros