Por 8 votos a 1, Supremo decide manter a prisão de Cunha - Diário de Santa Maria

Lava-Jato15/02/2017 | 19h41Atualizada em 15/02/2017 | 19h41

Por 8 votos a 1, Supremo decide manter a prisão de Cunha

O único a votar a favor da soltura do ex-presidente da Câmara foi o ministro Marco Aurélio

Diário de Santa Maria
Diário de Santa Maria

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quarta-feira, manter a prisão do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Cunha está preso, desde outubro, por causa da Operação Lava-Jato.

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Nesta terça-feira, a Corte do STF julgou o recurso protocolado pela defesa do ex-presidente da Câmara. Os ministros acompanharam o voto do relator, ministro Edson Fachin. Ele entendeu que não houve ilegalidade na decisão do juiz federal Sérgio Moro. O mesmo entendimento foi compartilhado pelos ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello e da presidente, Carmen Lúcia. 

Prefeitura corre para não perder cerca de R$ 45 milhões do PAC

O único a votar a favor da soltura de Cunha foi o ministro Marco Aurélio, que criticou a prisão cautelar de investigados na Lava-Jato que ainda não foram condenados. 

O deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor seria resultado de vantagens indevidas, obtidas com a compra de um campo de petróleo pela Petrobrás em Benin, na África. O processo foi aberto pelo Supremo, mas, depois da cassação, Cunha perdeu o foto privilegiado e a ação foi enviada para o juiz Sérgio Moro. 

Prefeitura de Santa Maria entrega três prédios alugados

O que a defesa diz

A defesa de Cunha alega que Moro, responsável pela prisão, descumpriu uma decisão da Corte. Na petição, os advogados afirmam que o Supremo já decidiu que Cunha não poderia ser preso pelos fatos investigados contra ele ao entender que o ex-deputado deveria ser afastado da presidência da Câmara, em maio do ano passado. Para a defesa, os ministros decidiram substituir a prisão pelo afastamento de Cunha.

Ex-prefeito de São Gabriel pagará multa por irregularidades em contas do governo

– O que Sua Excelência [Moro] fez, nada mais foi, mandar um recado dizendo que quem soltar Eduardo Cunha está fazendo por pressão. Um ato que destoa da paridade de armas no processo penal – disse o advogado Ticiano Figueiredo - defensor de cunha. 

 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMVai torcer pelo @Gremio amanhã? Em casa ou na Arena, poste sua foto com #gremistasnodiário 🔵⚪⚫há 15 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMãe de três crianças ganha trigêmeos e precisa de doações https://t.co/6JkbkFrcsy https://t.co/fAa1qRrTEihá 17 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros